Assine o fluminense

Obras do Mercado Municipal de Niterói a passos lentos

Demolição do galpão anunciada para o dia 23 de novembro não foi iniciada. Famílias aguardam reassentamento

Local, hoje abandonado, promete se tornar um novo espaço de gastronomia, cultura e lazer para a região

Evelen Gouvêa

As demolições anunciadas pelo prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, no dia 9 de novembro, para começarem no dia 23 do mesmo mês, como parte da revitalização do Mercado Municipal Feliciano Sodré, no Centro, estão atrasadas e não têm prazo definido. Até agora, o processo de demolição no galpão, localizado atrás do mercado, onde será construído um edifício-garagem, não foi iniciado. As obras no empreendimento foram divulgadas em abril deste ano com data para “os próximos meses”. Contudo, já em dezembro, nenhuma intervenção começou.

Um galpão na Avenida Washington Luís precisará ser demolido, e cerca de 26 famílias que vivem no local serão realocadas, mas apesar da empresa já ter sido escolhida, a construção continua de pé. Questionada, a Prefeitura de Niterói não explicou o motivo do atraso, apenas disse, por meio de nota, que o galpão será demolido assim que as famílias que residem no local forem transferidas para moradias de interesse social, e que o local será utilizado na segunda fase de revitalização.

Prédio histórico e abandonado no Centro, o Mercado Municipal promete se tornar um novo espaço de gastronomia, cultura e lazer para a cidade, com a revitalização do local e construção de novos ambientes no entorno, como uma praça, centro cultural e um edifício-garagem. No início deste ano, quando anunciado, a promessa era de que a inauguração do empreendimento acontecesse no segundo semestre de 2019. Já em outubro, esta data compreendia apenas a primeira etapa das obras. 

O projeto é fruto de uma Parceria Público-Privada (PPP) entre a Prefeitura e o consórcio Novo Mercado Municipal de Niterói, formado pelas empresas RFM participações, Nacional Shopping Planejamentos e Reestruturação de Shopping Center e L1 M3 Publicidade, escolhidas através de licitação. O investimento será de R$ 65 milhões em três anos, sendo R$ 25 milhões na reforma do atual prédio.

A área tem cerca de 9.700 metros quadrados, e a obra contará com duas fases: a primeira é a reforma do prédio, e a segunda, o entorno do mercado.

Ocupação – Um dos prédios a serem demolidos para a construção dos novos ambientes é um galpão no número 987 da Avenida Washington Luís. O espaço está ocupado há anos por cerca de 26 famílias. O Executivo Municipal anunciou, em outubro, que vai reassentar os moradores para o empreendimento Poço Largo, no Sapê, o mesmo que já apresentou problemas de deslizamento no muro da unidade. 

Apesar de cadastrados para morar no condomínio do Minha Casa Minha Vida – sem data de entrega divulgada –, os moradores dizem não ter informação de quando serão encaminhados para a nova moradia. Além disso, temem a falta de emprego na nova realidade do pagamento de aluguel das residências. 

Poço Largo – No final do mês passado, moradores do Sapê, na região de Pendotiba, denunciam irregularidades no Condomínio Poço Largo, empreendimento do Minha Casa Minha Vida, financiado pela Caixa Econômica Federal. O local, que receberá 280 famílias, apresentou rachaduras e desníveis, cedendo parte do muro que cerca a unidade com o deslizamento de um barranco. 

Procurada, a Caixa informou que não houve interdição nas obras do empreendimento Condomínio Poço Largo, pois as edificações não foram afetadas. Ainda segundo a Caixa, foi desenvolvido projeto de contenção para a área, e a construtora responsável já iniciou os serviços de reparo. A Caixa esclareceu ainda que aguarda a finalização dos serviços no trecho afetado e no restante do condomínio, bem como a apresentação das devidas comprovações técnicas, para dar andamento à entrega das unidades. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Elson Luiz
Já vi esse filme antes. Muita propaganda, muita publicidade mas nunca sai do papel!!!!!
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Elson Luiz
No momento da campanha política tudo é apresentado com pompa e circunstância, mas depois que passa as eleições tudo volta a estaca zero!
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Veja também

Scroll To Top