Assine o fluminense

Palhaçada com equipamento cultural

Sem os devidos cuidados, Espaço Carequinha, na Praça Zé Garoto, no Centro, acumula diversos problemas

Sem brilho, o espaço ainda está ao lado de um valão com esgoto a céu aberto. Prefeitura prometeu reforma em 15 dias

Foto: Evelen Gouvêa

Trapezista dá à luz em pleno picadeiro: este seria um bom título para descrever o nascimento de um dos maiores artistas gonçalenses. George Savalla Gomes, mais conhecido como palhaço Carequinha, é constantemente homenageado em eventos e locais da cidade de São Gonçalo, na qual passou boa parte de sua vida. No entanto, um destes locais que recebem seu nome, o Espaço Carequinha, tenda localizada na Praça Estefânia de Carvalho, no Centro, não está apresentando o brilho do artista que empresta o renome, segundo moradores e frequentadores da região.

O espaço, que deveria ser utilizado para ensaios e pequenas apresentações de grupos locais, com um pequeno anfiteatro que comporta até 60 pessoas em sua plateia, está sem a lona que o protegia das adversidades do tempo. Além disso, a pintura colorida que enfeitava o chão do Espaço está descascando, além do risco presente com a fiação de energia exposta no local. Ainda há um valão que passa ao lado do local, que deixa o esgoto a céu aberto.

Vanessa Salgado, de 37 anos, que é mãe de Pedro, de 2, comenta que sempre passa pelo local e fica espantada com a mudança – se comparada a dois anos atrás, quando o local, a seu ver, era mais movimentado.

“Esse é um problema que assola toda aquela praça. Aqui sempre era possível assistir a alguma atração e esperava, com o tempo, parar com meu filho e poder curtir uma peça, um pequeno show. Não adianta construir um espaço e simplesmente não cuidar dele”, relata.

Sua mãe, Solange Salgado, de 63 anos, também opina sobre o estado atual da praça.

“Por ser um ponto central da cidade, a revitalização traria grandes possibilidades de melhora. Vizinhos meus poderiam ter mais acesso à cultura se espaços como esse fossem mais valorizados”, destaca.

Por meio de nota, a Prefeitura de São Gonçalo indica que já detectou o problema e, após análise de diferentes equipes, o local foi interditado para reforma. O espaço será reentregue para a população em até 15 dias. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top