Assine o fluminense
Para todos os gostos

Antonio José Barbosa aborda temas do mundo jurídico, além de problemas relacionados à segurança, política e da cidade. E-mails para esta coluna:antoniojmadv@gmail.com

Passado e presente

A OAB de Niterói mantém a tradição desde que era a OAB do antigo Estado do Rio, com a ampliação do escritório compartilhado para 15 salas, facilitando o exercício profissional dos advogados de todas as faixas de idade. A forte crise que atingiu o país, e especialmente este estado, não dá refresco para a advocacia, obrigando muitos profissionais a fechar as porta dos escritórios.

Lamentável.

Além da crise econômica e financeira que afeta o País, há outros fatores  originários do Congresso – reforma trabalhista – e do Judiciário – facilidades para os cartórios e  mediação – que repicaram na vida dos advogados e advogadas.

É um abalo terrível nas finanças da classe.

Com a inauguração dos escritórios, o problema será reduzido até a crise ser superada, porque o Brasil é grande e tem fôlego de sete gatos. Portando, não existe mal que sempre dure.

Os escritórios, no atual contexto, são a salvação, pois tudo ali é gratuito, com computadores, telefones e espaço para atendimento dos clientes. Felipe Santa Cruz, presidente da OAB do Rio, ao lado de Luciano Bandeira, diretor-tesoureiro e presidente da Comissão de Prerrogativa, atenderam ao pedido do presidente a OAB de Niterói para a ampliação, em razão do crescimento vertiginoso da demanda.

Junto a essa conquista, ainda existem o peticionamento eletrônico e a escola de digitação, formando um trio de ouro da melhor qualidade.

É a entidade voltando ao tempo da construção do prédio por um grupo de advogados, com o desembolso de dinheiro de seu próprio bolso. Era muito amor à advocacia.

Os carros-chefes dessa iniciativa, por questão de justiça,  devem ser relembrados para que os advogados e advogadas tomem conhecimento.: Alberto Torres, Waldemar Zveiter, Alcir Amorim da Cruz, entre outros profissionais com grande brilho.

Há ainda um nome que não pode ser esquecido: marechal Paulo Torres. Quando era governador, colocou elevadores no prédio, que recebeu o nome de Alcir Amorim da Cruz.

Hoje a OAB de Niterói é considerada a joia da coroa por manter a tradição da casa do advogado.

Felipe Santa Cruz sempre se dispôs de atender às solicitações para manter essa posição invejável da OAB de Niterói, sem nunca deixar a peteca cair.

Hoje, a instituição é ouvida e acatada no estado e em várias unidades da federação, decorrente de um trabalho de formiguinha da diretoria a fim de atingir esse apogeu: joia da coroa.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Mais notícias de

Scroll To Top