Assine o fluminense

Parque da Água Escondida é apresentado

Prefeitura de Niterói mostrou para a população a proposta de criação

Com mais de 62 hectares, o Parque abrange partes de São Lourenço, Cubango, Fonseca, Fátima e Pé Pequeno, e contará com uma antiga chácara, implantada em 1837

Luciana Carneiro / Prefeitura de Niterói

A Prefeitura de Niterói apresentou à população, na manhã desta terça-feira (19), a proposta de criação do Parque Natural Municipal da Água Escondida. Até o dia 15 de março, será possível enviar contribuições para o projeto pelo e-mail areasverdes.pmn@gmail.com. A previsão é de que o plano de recategorização da atual Área de Proteção Ambiental (APA) da Água Escondida seja encaminhada, ainda no primeiro semestre, para a Câmara Municipal de Niterói.

Com a criação do Parque, a região, que inclui áreas de importância histórica para a cidade, como o Morro do Boa Vista, vai ganhar infraestrutura, com demarcação de trilhas e centro de visitantes. O principal objetivo da recategorização é ampliar, nessa região, a proteção das nascentes, fragmentos florestais e patrimônio histórico do município.

Para isso, a Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS) desenvolveu um estudo técnico sobre o assunto, que já foi apresentado ao Conselho Municipal de Meio Ambiente de Niterói (COMAN) e continua disponível para consulta pública da população. Quem quiser ter acesso ao documento, pode enviar um e-mail para areasverdes.pmn@gmail.com ou consultar o site www.smarhs.niteroi.rj.gov.br/.

Com mais de 62 hectares, o Parque Natural Municipal da Água Escondida será a maior área protegida da parte central da cidade. A região abrange partes dos bairros de São Lourenço, Cubango, Fonseca, Fátima e Pé-Pequeno. Dentro do Parque estará a antiga Chácara do Vintém, implantada em 1837, formada por um aqueduto, caixas de depuração e canalizações. A criação do Parque prevê a reforma dessas históricas ruínas, além da criação de plano de manejo para toda a área, com supressão de vegetação exótica e invasora, proteção das nascentes e reflorestamento no Morro Boa Vista.

“Esse é um projeto que faz parte do programa Niterói Mais Verde, que vem buscando enquadrar áreas verdes da cidade na legislação do Sistema Nacional de Unidades de Conservação. Nosso esforço principal é que cada área dessas seja muito bem definida sob sua finalidade e tipo de uso”, explica o secretário executivo municipal Axel Grael.
O secretário de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade Eurico Toledo explica que o Parque já está previsto no orçamento da Prefeitura em 2019.

“O Parque Natural Municipal da Água Escondida pretende valorizar não somente a proteção ambiental, mas também resgatar a importância histórica do local. No mais, possui potencial para atividades relacionadas a pesquisa científica, proteção do patrimônio arquitetônico e paisagístico, educação ambiental e fomento ao turismo, sempre integrado às necessidades das comunidades do entorno”, detalha.

 
Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Sebastião
Bom dia! Gostaria que o Sr. Axel Grael e Eurico Toledo explicasse como é calculado a compensatória por extração de arvores de um terreno particular para construção de uma casa dentro de um condomínio. É com reposição de arvores, produtos e objetos?
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Veja também

Scroll To Top