Assine o fluminense

Parque Orla Piratininga terá obras iniciadas em outubro

Projeto executivo, que prevê melhorias no entorno da lagoa, será finalizado em julho

Orla da Lagoa de Piratininga ganhará espaços de lazer e contemplação

Foto: Evelen Gouvêa

O Parque Orla Piratininga, que pretende mudar a dinâmica social e ambiental do entorno da lagoa, está cada vez mais perto de sair do papel. Segundo informações da Prefeitura de Niterói, o projeto executivo será finalizado em julho e as obras começarão em outubro deste ano. 

De acordo com o Executivo, o projeto está sendo elaborado com propostas e ações de melhoramento da dinâmica hídrica e qualidade ambiental. Está incluído um conceito de drenagem sustentável para o tratamento das águas pluviais que chegam até a Lagoa de Piratininga. 

A ordem de início do projeto executivo do Parque Orla foi assinada em julho do ano passado, com um prazo de conclusão de seis meses, o que não ocorreu. O Parque Orla faz parte do Programa Região Oceânica Sustentável (PRO-Sustentável), financiado pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina - Cooperação Andina de Fomento (CAF). O investimento, no entanto, só será informado após a conclusão do projeto executivo. 

Projeto - A ideia é implantar em torno da Lagoa de Piratininga uma área de preservação e recuperação do ecossistema da região e de lazer para os niteroienses. O projeto preza pela preservação da lagoa, sem aterro de seu espelho d’água. Também haverá construção de pontes, requalificação de vias e investimento em iluminação pública.

Entre as iniciativas previstas, está a implantação de jardins filtrantes, soluções sustentáveis para reduzir sedimentos e nutrientes carregados pelas drenagens urbanas e naturais que chegam até a lagoa. De acordo com a Prefeitura de Niterói, o acesso ao Parque Orla será feito pensando nos pedestres e ciclistas, com o baixo fluxo de carros. Para isso, os pontos da TransOceânica, que entrou em operação recentemente, ficarão a cerca de cinco minutos dos principais acessos ao local, coincidindo, também, com as ciclorrotas. 

Ao longo do Parque Orla serão espalhados pontos de informações, lazer e contemplação, com decks multifuncionais. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

luis antonio dutra de oliveira
O projeto e excelente, o grande problema é que estas áreas comuns que são projetadas para utilização de lazer pelos moradores, em pouco tempo, ficará abandonada, cheia de mendigos e traficantes mirins, visto que, a prefeitura só mantém serviço de vigilancia diária com a Guarda Municipal no Campo de São Bento, Zona Sul da cidade, o restante dos locais publicos sao largados a propria sorte, sou morador de Piratininga e a Praça do Descobrimento que fica ao lado da minha casa, não tem vigilancia e fica aberta a madrugada toda, causando barulho excessivo, além de se transformar em área de consumo e venda de drogas, isto a 400 m do CISP, que foi projetado para coibir a violencia e crimes na cidade, já foram realizas diversas reclamançoes junto ao orgao e ao administrador regional durante anos e meses e nada é resolvido. O mesmo acontecerá com o Parque Orla se a incompetencia administrativa continuar prosperando.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

neli fatima
só uma perguntinha: será?
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Veja também

Scroll To Top