Assine o fluminense

Perigo para estudantes no Barreto

Semáforos abrem apenas por 15 segundos para pessoas e geram preocupação no bairro

A segurança de alunos do colégio Pedro II e do colégio Monsenhor Raeder está em risco. Isso se dá pelo fato de que um semáforo, localizado em frente a um ponto de ônibus, funciona apenas 15 segundos fechado para os motoristas. Com o pouco tempo de sinal aberto para os estudantes, um acidente pode acontecer, por exemplo, no caso de um deles perceber que sua condução está no outro lado da rua e ter que correr para pega-la, já que sabe que só assim conseguirá atravessar a rua.

Segundo Ercilio Coutinho dos Santos, pai de uma estudante do colégio federal, o problema ocorre há mais de um ano.

"Desde que a minha filha entrou para o Pedro II que observo isso. É muito perigoso para os estudantes, pois, devido ao pouco tempo, eles que correr para atravessar. Fora que os motoristas muitas vezes não respeitam o sinal. O engraçado que ali perto um departamento da guarda civil municipal e eles não ficam atentos nem na hora da entrada, nem da saída das crianças das escolas", reclama.

Procurada, a Nittrans informou que seus agentes e operadores de trânsito atuam diariamente no entorno de escolas e em regiões de fluxo intenso de veículos e pedestres. A atuação será reforçada na referida região. Uma equipe técnica de engenharia de trânsito realizará vistoria no semáforo para verificação e correção da temporização, caso seja necessário.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top