Assine o fluminense

Ponta da Areia com adversidades

Galhos junto à rede elétrica e rua com problema na iluminação são alguns transtornos apontados por moradores

Segundo moradores, galhos junto à rede elétrica contribuem para a falta de luz

Foto: Douglas Macedo

A cada chuva ou ventania na cidade, moradores da Ponta da Areia, em Niterói, já esperam a falta de luz em suas residências. Segundo eles, o problema no bairro é constante, e a causa seria a altura de algumas árvores que atravessam os fios de energia, causando instabilidade. O pedido é que podas sejam feitas.

De grande porte, algumas árvores da Praça Doutor Azevedo Cruz e da Rua Conde Pereira Carneiro dividem o espaço dos galhos e folhas com muitos fios de energia. Para os moradores, essa interação seria a responsável pela rotina de falta de luz sempre que um vento balança a vegetação. A aposentada Maria Georgina Vilela Crespi, 64, mora no bairro há 50 anos e aponta que o problema sempre aconteceu, mas se intensificou ao longo dos anos, com o desenvolvimento das árvores.

“As árvores são enormes e tomaram conta dos fios. É um perigo. Precisamos que elas sejam podadas para que os ventos não nos atrapalhem mais”, opina a moradora do bairro.

Outro problema apontado pelos moradores da Ponta da Areia é a falta de iluminação pública, como é o caso da Rua Amapá. Por lá, segundo os residentes, quatro assaltos já aconteceram na subida, que fica ainda mais escura por conta das árvores da região. 

Procurada, a Prefeitura de Niterói informou que a iluminação da Rua Amapá segue o padrão e está adequada às normas da ABNT. 

Já a Enel Distribuição Rio também foi procurada e informou que enviará equipes técnicas ao local para efetuar podas de galhos que estejam próximos à rede elétrica nos locais indicados pela reportagem.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top