Assine o fluminense
Charbel Tauil

O presidente do Sindicato dos Lojistas de Niterói traz os bastidores da rede varejistas da cidade e as principais novidades do setor

Por Charbel Tauil: Cuidados essenciais

Confira a coluna desta semana do presidente do Sindilojas

Mais de 250 lojas do Centro do Rio de Janeiro fecharam as portas em 2018 — quase 60% a mais que no ano anterior. Fruto de recente pesquisa da CDL Rio, esses números são com certeza assustadores. Os comerciantes cariocas apontaram como grandes complicadores problemas como a falta de vagas para estacionamento, a proliferação de vendedores ambulantes e o crescimento da população em situação de rua.

Alguém tem dúvida de que o mesmo panorama ocorre aqui em Niterói? De fato, o empreendedor lojista aqui igualmente sofre — e muito — com problemas semelhantes. O consumidor já desanima ao se deparar com a falta de lugar para parar seu carrro; quando consegue uma vaga, se depara com espaços públicos tomados por ambulantes e mendigos. E isto sem falar no trânsito caótico e extremamente lento, de maneira geral.

Faço tais considerações como um lembrete necessário às autoridades locais, para que estejam atentas quando forem, por exemplo, reduzir vagas de estacionamento — seja para a abertura de ciclovias, seja para a realização de obras públicas ou inovações urbanísticas. Tudo muito bonito, mas não pode se dar à custa de pontos comerciais fechados, empresas encerrando suas atividades e dispensando colaboradores.

Sempre atento a essas questões, o Sindilojas Niterói permanecerá cobrando providências e melhorias. Afinal, o Comércio é a verdadeira mola mestra do desenvolvimento econômico de nossa cidade, devendo ser respeitado e priorizado pelo Poder Público.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Mais notícias de Charbel Tauil

Scroll To Top