NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Projeto de restauração da Ilha da Boa Viagem é apresentado ao Iphan

A Ilha da Boa Viagem abriga a capela de Nossa Senhora da Boa Viagem e o fortim, ambos do século XVIII

Foto: Divulgação/ Leonardo Simplício

A restauração da Ilha da Boa Viagem, na Zona Sul de Niterói, está mais perto de sair do papel. Nas próximas semanas, a Prefeitura de Niterói apresenta ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) o projeto executivo para a restauração. Em paralelo a este projeto, a área também receberá obras de contenção de encosta e drenagem.
 
“O projeto executivo foi elaborado com base nas normativas do Iphan. Esta é uma restauração de caráter conservativo”, explica o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag), Axel Grael. 
 
A Ilha da Boa Viagem abriga dois monumentos históricos: a capela de Nossa Senhora da Boa Viagem e o fortim, ambos do século XVIII. Durante a Segunda Guerra Mundial e os anos 1940, também foram construídas mais duas muralhas, sendo uma delas semelhante a um pequeno castelo.
 
Em 2016, a Secretaria de Patrimônio da União (SPU) concedeu a anuência ao Município, permitindo que a Prefeitura realize as intervenções no local. Na proposta inicial está prevista a reforma da capela mantendo sua estrutura original e criando uma melhor acessibilidade ao local, além de um banheiro. Para o fortim, também será mantida a estrutura original sendo feita a restauração necessária.
 
Já no espaço conhecido como castelo, onde funcionam as atividades do Grupo Escoteiro Gaviões do Mar, a ideia é que seja feita a restauração da fachada, além da modernização da área interna. O local também poderá ganhar uma cafeteria e um ambiente cultural para exposições.
 
“Vamos realizar a restauração da Ilha sem descaracterizar o patrimônio que se encontra ali. Nossa ideia é agregar a ilha à cidade trazendo de volta as visitações ao espaço, que tem uma vista privilegiada e muita história”, afirma Grael.
 
A Prefeitura de Niterói já licitou as obras de contenção de encostas e melhorias dos acessos da Ilha. O investimento será de aproximadamente R$ 1,4 milhão. O bairro Boa Viagem também está incluído no projeto que irá revitalizar a orla de Icaraí até o Gragoatá.

Memória - A Ilha de Boa Viagem se conecta ao continente por meio de uma ponte de concreto. Tombado como patrimônio natural e histórico, Boa Viagem tem edificações construídas no alto de uma escada de 127 degraus, o que o torna o local um destino curioso, cheio de vistas deslumbrantes.

Scroll To Top