Assine o fluminense
Luciano Bandeira

Luciano Bandeira é presidente da OAB/RJ e aborda temas do mundo jurídico e cidadania. Entre em contato pelo Facebook e Instagram @lucianobandeiraoab

Reflexão sobre o papel do advogado

No dia 11 de agosto é celebrado o dia do advogado. Isso porque em 1827 foi promulgada uma lei criando os dois primeiros cursos de Direito no Brasil, em Olinda e em São Paulo. O aniversário serve para refletirmos sobre a função da advocacia na sociedade. 

A atividade passou por vários momentos nesses 192 anos. O atual é certamente um dos mais desafiadores. Necessitamos estar atentos às mudanças sociais, comportamentais e jurídicas. E precisamos trabalhar continuamente, e institucionalmente, para uma melhor qualificação profissional. A evolução e o aprimoramento devem ser constantes.

Nos últimos anos houve um aumento enorme do número de formandos. Isso tornou a carreira menos elitista e mais representativa. Só no estado do Rio de Janeiro são 150 mil. No Brasil o número passa do milhão. 

Isso significa também que o acesso da sociedade aos tribunais aumentou no decorrer do tempo. E o trabalho de advogados e advogadas é representar o cidadão perante a Justiça, defendendo seus interesses diante do Estado. Cumprimos uma função social fundamental. 

Para isso, precisamos ter as prerrogativas respeitadas - nosso exercício profissional é inviolável. Não é aceitável que ainda haja quem cerceie nossa atividade ou a criminalize – confundindo, nem sempre de boa-fé, a atuação do advogado e da advogada com a de seu cliente.

A preservação das prerrogativas é uma garantia para o cidadão que a defesa de seus interesses está sob proteção. Como dizemos: advocacia valorizada, cidadania respeitada.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top