NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Rio: mais de 1,5 mil itens são apreendidos no Centro

Estacionamento irregular foi um dos itens verificados em áreas do Centro. Ao todo, 110 agentes participam da operação

Divulgação/Prefeitura do Rio de Janeiro

A Força-tarefa da Prefeitura do Município do Rio de Janeiro promoveu nesta sexta-feira (03), pelo terceiro dia, ações de ordenamento em áreas do Centro da cidade. Integrada pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) em conjunto com as secretarias municipais de Fazenda e da Casa Civil, a operação fiscaliza várias  frentes, entre elas o comércio autorizado e não autorizado, o estacionamento e transporte irregulares, as normas sanitárias - para aferir os padrões de consumo e da legalidade de mercadorias -, além de realizar a limpeza urbana e acolhimento da população em situação de rua. Ao todo, 110 agentes de órgãos municipais e estaduais participam da operação.

Nos primeiros dois dias de trabalho, na terça e quinta-feira, os agentes de controle urbano apreenderam 1.500 itens diversos (como bebidas, carrocinhas e acessórios) e 500 kg de frutas, condimentos e mercadorias ilegais. Aproximadamente, 10 toneladas de lixo foram recolhidas pela Comlurb e mais de 70 ambulantes não autorizados foram retirados das ruas e 27 chamados atendidos provenientes da Central de Atendimento 1746. 

Além disso, três ligações clandestinas de água e seis de energia elétrica que abasteciam comércio informal foram desativadas. 

Prisões - A ação, que conta com apoio do Centro Presente, do Governo do Estado, prendeu cinco pessoas e apreendeu um menor de idade, entre foragidos da Justiça e flagrantes. Quatro máquinas caça-níquel foram recolhidas na terça, início da operação.  

Na fiscalização de trânsito, 97 veículos foram rebocados (carros e motos) e 62 infracionados por estacionamento em locais proibidos. Fiscais do transporte complementar também aplicaram 54 infrações em vans e Kombis por prestarem serviço em desacordo com as regras. Quatro táxis foram lacrados por irregularidades. Assistentes sociais realizaram 38 abordagens à população em situação de rua. 

Preparação - A força-tarefa prossegue o trabalho neste sábado em pontos estratégicos do bairro, e prosseguirá em outros pontos a partir da próxima semana. A fiscalização faz parte da primeira fase da operação e contempla trechos da Presidente Vargas, Rio Branco, Sete de Setembro e Largo de São Francisco de Paula. O trabalho também prepara o Centro para receber dois programas: o “Ambulante Legal”, da Secretaria Municipal de Fazenda (SMF), que visa organizar e capacitar o comércio de rua; e o “Cuidar da Cidade”, da Secretaria Municipal da Casa Civil, de zeladoria e conservação urbanas. 

Scroll To Top