NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Semana para promover a conscientização ambiental

O Morro das Andorinhas, em Itaipu, na Região Oceânica, receberá atividades lúdicas em trilha no dia 7 de junho

Douglas Macedo

Com a chegada do Dia Mundial do Meio Ambiente, ações para promover a conscientização ambiental e disseminar atitudes sustentáveis da população estão sendo programadas ao longo de toda a semana. Mutirões de limpeza e plantio de árvores estão entre as principais iniciativas.  

Em Niterói, a Secretaria do Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade vai adotar o tema da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Dia do Meio Ambiente em 2019: poluição do ar. As atividades começam nesta segunda e seguem até o próximo domingo, dia 9 de junho.  

A pasta ressalta que Niterói, na atual gestão, plantou 70 mil mudas, e conta hoje com 7.495 hectares de áreas verdes preservadas. Essa iniciativa que faz parte do Programa Cidades Sustentáveis, que visa a conservação e preservação ambiental.  

“Desde que foi instituído, em 1972, o Dia Mundial do Meio Ambiente tornou-se uma plataforma global para a conscientização pública sobre questões ambientais. Na avaliação das Nações Unidas, a data é uma oportunidade para que todos se engajem ativamente na proteção da natureza. Este ano pretendemos incitar governos, indústria, setor privado, comunidades e indivíduos a se unirem para explorar a energia renovável e as tecnologias verdes, bem como melhorar a qualidade do ar em cidades” explica Gabriel Cunha, subsecretário de Meio Ambiente. 

A abertura da Semana do Meio Ambiente, nesta segunda, acontece com uma solenidade no campus da Praia Vermelha da Universidade Federal Fluminense (UFF), das 9h às 12h, que contará com a distribuição de mudas de plantas no Horto Viveiro.   

De 4 a 8 de junho, o Viveiro da UFF será palco de Exposições de Energia Fotovoltaico-Eólica, mobiliário e livros reciclados pela Companhia de Limpeza de Niterói (Clin). As exposições da Companhia também acontecerão no Plaza Shopping, no Centro, Shopping Icaraí e Multicenter, em Itaipu. 

Serão feitas distribuições e doações de mudas e livros usados na Secretaria Municipal de Meio Ambiente, na Rua Visconde de Séptica, nº 987, Centro. 

Já no dia 5, o Solar do Jambeiro recebe, a partir das 9h, o seminário “Impactos da produção e do consumo alimentar na poluição atmosférica” com a doutora em Ciências da Saúde e professora de filosofia e de ética do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), Mariana Spacek Alvim. Na sequência, serão ministradas palestras sobre a prevenção de queimadas, poluição do ar no âmbito da fiscalização ambiental em Niterói e o programa Selo Verde Fetranspor.  

No dia 6, serão apresentados trabalhos ambientais no Memorial Roberto Silveira, além de uma limpeza no Horto do Fonseca, com a participação do Instituto Baía de Guanabara.  

Já no dia seguinte, as ações serão voltadas para alunos da rede municipal de educação, com atividades lúdicas em trilhas como a dos Colibris, Morro das Andorinhas, em Itaipu, e no Parque Estadual da Serra da Tiririca. Ainda no dia 7, ocorrerão atividades do Sesc e Barco Escola do Projeto Grael, na Praia de Icaraí.  

No sábado, dia 8, será promovida ima limpeza na Praia de Itaipu, das 9h às 12h. Na Cantareira, na Praça Leoni Ramos, haverá um ponto de coleta de resíduos eletrônicos, das 9h às 12h.  

Fechando a semana, no dia 9, terá um passeio ciclístico pelo túnel Charitas-Cafubá, com ponto de encontro no Skatepark. A programação completa pode ser conferida através do site www.smarhs.niteroi.rj.gov.br.   

SG terá um mês de ações

No município vizinho, a programação em prol do meio ambiente é mais extensa, começando no próprio dia 5 de junho e seguindo até o fim do mês, no dia 28. Na quarta-feira, haverá distribuição de mudas na sede da Prefeitura de São Gonçalo, a partir das 9h, e plantio na APA de Maria Paula, às 8h. Também está programa uma trilha na APA do Engenho Pequeno, às 14h, com oficina do sabão e plantio de árvores. 

Como parte da programação do Meio Ambiente, será promovida uma feira de adoção de animais no Partage Shopping, no Centro, no dia 9, das 11h às 16h. Ainda serão realizadas palestras e seminários ao longo de todo o mês. A programação pode ser consultada na página oficial da prefeitura.  

Lixo eletrônico - Em comemoração ao mês do meio ambiente, em junho, o projeto E-Lixo Zero irá resgatar lixos eletrônicos para dar a destinação correta. Toda sexta-feira, até o dia 28, das 10h às 16h, uma equipe estará de prontidão na Praça Luiz Palmier (Praça do Rodo). O material será recolhido e encaminhado para reciclagem. 

Alunos de escola em Manilha visitaram a Reserva Ecológica de Guapiaçu

Sandro Giron / Prefeitura de Itaboraí

Jovens são alvos 

Em Itaboraí, a Semana do Meio Ambiente começa neste domingo e segue nos dias 4, 5 e 8 de junho. Palestras, gincanas, oficinas de sabão, reaproveitamento de garrafas PETs, plantio de mudas e uma caminhada no Parque Paleontológico, em São José, estão entre as principais atividades pala disseminar a consciência ambiental.   

Cerca de 200 alunos de escolas que fazem parte do Projeto Reciclaí vão participar de uma visita à APA de Guapimirim. Toda a programação está disponível no site da prefeitura.

“A Semana de Meio Ambiente nesse ano está sendo realizada em parceria com o Projeto Reciclaí desenvolvido nas escolas do município. A mudança das atitudes deve se iniciar nas idades mais jovens, pois sabemos que são as crianças os grandes agentes transformadores”, disse a secretária municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Paloma Martins. 

Segundo a prefeitura, o Reciclaí atende sete escolas, entre municipais, estaduais e privadas. E tem como objetivo principal a sensibilização dos alunos para gestão dos resíduos e preservação ambiental. 

Scroll To Top