Assine o fluminense

Vento traz velho problema para os moradores da Vila Progresso

Árvore foi ao chão com a ventania de domingo, causando diversos transtornos

A Rua Tomás Edison de Andrade Vieira ficou interditada nos dois sentidos para o trabalho de remoção da árvore

Evelen Gouvêa

Por conta dos fortes ventos que atingiram diversos pontos da cidade neste final de semana, uma árvore tombou no início da tarde deste último domingo (20), na Rua Tomás Edison de Andrade Vieira, no bairro Vila Progresso, em Niterói. Ninguém ficou ferido no acidente. De acordo com os moradores, os acidentes são frequentes na via devido à falta de poda das árvores.

Com a queda, os fios que fornecem a energia elétrica foram rompidos, deixando os moradores sem luz por mais de 24 horas.

“Praticamente toda semana tem acidente nesta rua. Deveria ter uma poda regular e uma placa de sinalização informando o limite de altura permitida para que caminhões passem pela via. Além da interdição do trânsito, temos que conviver com a falta de energia”, disse Michele Oliveira, colaboradora do Total Tennis Team.

Funcionários da Companhia de Limpeza de Niterói, da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser) e da NitTrans auxiliaram na limpeza da pista e no ordenamento do fluxo da via que ficou interditada, nos dois sentidos, até o fechamento desta edição.

“Uma equipe iniciou os trabalhos de desobstrução da via, no domingo à tarde. E ontem [segunda-feira], logo pela manhã, chegamos para concluir a total remoção da árvore. Durante todo o procedimento, o trânsito foi desviado pela Rua Alagoas, saindo na Av. Nelson de Oliveira e Silva”, informou Marcos Vinícius, responsável pela Seconser que estava no local.

Moradores temem que, sem a poda, novos acidentes voltem a acontecer, pois muitas árvores ficam por cima das casas.

Procurada, a Prefeitura de Niterói informou que a Seconser está trabalhando na retirada da árvore que tombou devido aos ventos de até 70 km/h que atingiram a cidade no fim de semana, na Rua Tomás Edison, desde o início da tarde de domingo, com o auxílio da Enel e dos Bombeiros. O término do serviço estava previsto para esta segunda-feira (21), quando a via seria liberada ao tráfego.

O Executivo ressaltou que a Seconser realiza o serviço de poda no local e em toda a cidade de forma rotineira e periódica, seguindo as orientações da Secretaria de Meio Ambiente. Todas as árvores da via são monitoradas e já foi realizado o plantio de 15 mudas ao longo da rua. Mais três árvores deverão ser suprimidas no local devido ao impacto da queda da árvore no fim de semana, sem necessidade de interdição do tráfego. 

Procurada, a Enel não respondeu até o fechamento desta edição sobre o tempo para o total restabelecimento do serviço de energia elétrica na região.

 
Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top