Assine o fluminense

Última chamada de arte nos Correios

Quatro mostras encerram temporada neste sábado, dia 5, no Espaço Cultural Correios, no Centro de Niterói

“M – meu lugar na sociedade” e “De fotografia à Tactography”: trabalhos do fotógrafo Gabriel Bonfim e da artista Rosa de Jesus

Foto: Divulgação

O Espaço Cultural Correios Niterói sempre nos presenteia com exposições muito especiais, que contam boas histórias e trazem personagens necessários de serem conhecidos. Neste sábado (5), quatro mostras encerram suas exibições no espaço, então corra!

O fotógrafo Gabriel Bonfim está em cartaz duas exposições bastante engajadas. “M – meu lugar na sociedade”, traz fotografias de mulheres que tiveram que superar traumas e obstáculos na vida, como violência doméstica e preconceitos, como a blogueira Naiana Ribeiro (foto), que lida com a gordofobia. O nome da exposição faz referência ao nome ‘Maria’, que é o mais popular na América do Sul. Além de um projeto artístico, a mostra é um instrumento de empoderamento para as mulheres que participaram e para as que irão vê-la. “De fotografia à Tactography”, também do artista, apresenta fotografias em 3D, para que deficientes visuais possam tocá-las e senti-las. Desta forma, a fotografia transforma-se em imagem para os deficientes visuais, e ao pintá-la de branco, transforma-se em arte para os não deficientes. A mostra foge da premissa de que não se pode tocar nas obras, nela elas podem - e devem - ser tocadas. 

Comemorando os 30 anos do Atelier de Cerâmica Keyko Mayama, a exposição “Unus Mundus” traz obras dos alunos do Atelier, da Associação Oleiros de Itaboraí, do Coletivo Terapia Expressiva, das oficinas de cerâmica da Casa Maria de Magdala, do Instituto Benjamin Constant e da Casa Convívio dos Anawin. O trabalho de Keiko Mayama - que assina a curadoria - une diversos mundos. Ceramistas e artistas expõem as próprias obras ao lado dos trabalhos em cerâmica produzidos por deficientes visuais, crianças e idosos. As diferenças individuais harmonizam-se nos grupos: o olhar do outro torna-se mais compreensivo e tolerante.
 
Fechando a lista das mostras que se despedem do Correios, “Imagens do existir”, reúne três séries de trabalhos da artista de 89 anos, Rosa de Jesus. O trabalho da artista aponta que o grande mistério e fascínio da arte está na capacidade plástica de utilizar procedimentos visuais para criar atmosferas de interpretação do mundo que escapam de simplificações. As séries da exposição são: “Homem”, “Mulher” e “Aparições”. Rosa de Jesus nasceu em Portugal, imigrou para o Brasil em 1957 e mora em Niterói desde 1981.

O Espaço Cultural Correios Niterói fica na Av. Visconde do Rio Branco, 481, no Centro de Niterói. Até 5 de janeiro; visitação de segunda a sábado, das 11h às 18h (exceto feriados). Entrada franca. Classificação: livre. Telefone: 2622-3200. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top