Assine o fluminense

Última chance de assitir no TMN

Peça mostra a jornada de uma catadora de lixo que se torna escritora

Última chance de assitir no TMN

Foto: Divulgação

O Teatro Munical de Niterói recebe neste domingo (5), a última apresentação do espetáculo “Carolina Maria de Jesus, diário de Bitita”.

A peça tem adaptação, direção e cenário de Ramon Botelho e atuação de Andréia Ribeiro. É uma adaptação das obras “Quarto de Despejo” e “Diário de Bitita” da escritora mineira Carolina Maria de Jesus. Uma história surpreendente e inspiradora: A menina que estudou apenas dois anos do primário virou uma grande escritora publicada em todo mundo. Carolina foi catadora de papel e escreveu toda sua obra em papéis que encontrava no lixo. Reciclando materiais reciclou a sua própria trajetória e a si mesma. 

A encenação segue o fluxo de memória de Carolina, refazendo sua trajetória da infância miserável em Sacramento no interior de Minas, quando a chamavam de Bitita, até o lançamento do seu primeiro livro - com enorme sucesso. 

Carolina Maria de Jesus nasceu em Sacramento, Minas Gerais, em 1914 e teve uma infância miserável. Já adulta, foi morar no Canindé, uma das primeiras favelas de São Paulo. Nunca se casou e sustentou os três filhos sozinha catando papel nas ruas. Nos anos 50, começou a escrever em cadernos que encontrava no lixo e conseguiu o improvável: se tornar uma grande escritora reconhecida mundialmente. Seu primeiro livro, “Quarto de Despejo”, foi editado em 1960, com enorme sucesso. 

O Teatro Municipal de Niterói fica na Rua Quinze de Novembro, 35,Centro, Niterói. Domingo (5), às 19h. Preço: R$ 40 (inteira). Classificação: 14 anos. Telefone: 2620-1624.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top