Assine o fluminense

‘Malala’ é prorrogada no Rio de Janeiro

Peça conta a saga de uma jornalista atrás do que teria acontecido à jovem Malala, perseguida por membros do Talibã

‘Malala’ é prorrogada no Rio de Janeiro

Foto: Divulgação

Devido ao grande sucesso, a temporada de “Malala, a menina que queria ir para a escola” foi prorrogada no Teatro Oi Casa Grande. A temporada, que começou em dezembro, agora se estende até 3 de fevereiro, com sessões aos sábados e domingos, sempre às 16h. 

Idealizado pela atriz Tatiana Quadros, com direção de Renato Carrera, adaptação de Rafael Souza-Ribeiro e canções originais de Adriana Calcanhotto, o espetáculo narra a viagem da jornalista Adriana Carranca ao Paquistão, dias depois do atentado à vida de Malala por membros do Talibã, por defender o direito de meninas à educação.

A peça conta a saga de uma jornalista curiosa, desbravadora e inquieta, que atravessa meio mundo para descobrir o que aconteceu de verdade com uma menina chamada Malala Yousafzai, e porque ela estava sendo perseguida. Era uma missão perigosa, pois a terra natal de Malala, um vale de extraordinária beleza no interior do Paquistão, havia se tornado um território proibido para jornalistas. Vestida como as mulheres do Vale do Swat, a jornalista circula pelas ruas da cidade, se hospeda na casa de moradores locais, conhece as amigas de Malala, sua escola e até mesmo a casa onde morava. 

O livro publicado por Adriana venceu os prêmios de Escritora Revelação e Livro Informativo do Prêmio FNLIJ. 

O Teatro Oi Casa Grande fica na Avenida Afrânio de Melo Franco, 290, no Leblon, Rio de Janeiro. De 12 de janeiro a 3 de fevereiro; sábados e domingos, às 16h. Preço: 60 (inteira). Classificação: livre. Telefone: 2511-0800.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top