Assine o fluminense

Autor inova ao lançar microcontos para crianças

Vencedor do Jabuti, João Anzanello Carrascoza retorna ao infantojuvenil

“Vamos acordar o dia?” brinca com a ideia da visão infantil sobre o mundo

Foto: Divulgação

O consagrado contista paulista João Anzanello Carrascoza lança mais uma obra destinada ao público infantojuvenil, desta vez revelando o que há de imaginativo, gracioso e certeiro na visão infantil sobre o mundo. No livro “Vamos acordar o dia? Histórias de uma linha só” (SM), o autor tece 22 microcontos em que crianças expressam, em poucas palavras, o seu próprio mundo e a natureza, nos fazendo um convite delicioso: vamos juntos acordar o dia?

Você declarou que gostaria que pais e filhos lessem esses contos juntos. Já escreveu pensando nisso? Que diálogo acredita que essa leitura possa estimular?

Não pensei nessa leitura em conjunto, entre pais e filhos, enquanto escrevia essas “pequenas” narrativas. Mas, a posteriori, notei que tal prática poderia resultar numa experiência social e afetiva, uma vez que as histórias, concentradas, são como “resumos” de tramas maiores e, assim, capazes de acionar a criatividade dos leitores em família, instados a desenglobá-las, a imaginar a sua expansão, a inventar os seus detalhes expressivos.
 
Como competir com celulares e tablets? Como você avalia o espaço da leitura na vida da criança e do jovem de hoje?

Não vejo os aparelhos como concorrentes do consumo de histórias, mas sim, um elemento complementar – a leitura não está restrita ao livro impresso ou digital, ou às telas dos celulares e tablets, mas se exercita na interpretação do mundo, no conhecimento de si e do outro, na habilidade de “ler” a vida.

Se liga nessa história do Brasil – Outro Planeta

Foto: Divulgação

Se liga nessa história do Brasil – Outro Planeta 

borda de forma leve e bem-humorada a história do Brasil sem papas na língua. Dos índios nativos ao “descobrimento”, da colônia à economia do açúcar, da escravidão às revoltas nativistas, da família real à Independência, da proclamação da República aos dias atuais. Uma narrativa ágil e envolvente sobre um país doido, repleto de tretas e personagens mirabolantes.

A arte de criar leitores – Senac

Foto: Divulgação

A arte de criar leitores – Senac 

Com as novas tecnologias, instigar as crianças a desenvolverem o hábito de ler é um grande desafio para pais e educadores. O consumo de vídeos e áudios compete diretamente com o grau de concentração que a leitura exige. Mas esses mesmos recursos podem se transformar em aliados e incentivadores da leitura. Voltado para pais, educadores e demais interessados em mediação de leitura.

Amor pelas coisas imperfeitas – Sextante

Foto: Divulgação

Amor pelas coisas imperfeitas – Sextante

O novo livro do autor de “As coisas que você só vê quando desacelera”, que já vendeu mais de 70 mil exemplares no Brasil. O monge zen-budista Haemin Sunim ensina a arte de cuidar de si mesmo e de se relacionar com os outros. Tratando de temas como aceitação, cura, coragem, família, fracassos, empatia e perdão, ele apresenta suas reflexões sobre como enxergar o mundo e a si mesmo.

Mini-Hábitos – Objetiva

Foto: Divulgação

Mini-Hábitos – Objetiva

Um guia prático sobre como criar estratégias para que pequenos hábitos tragam grandes resultados. Com base em pesquisas da neurociência e da psicologia comportamental, o autor desenvolve estratégias sobre a importância da força de vontade nos planos de ação, e reforça a necessidade de aprendermos como nosso cérebro funciona para que um bom hábito se estabeleça de forma permanente. 

“Quase Crônico” de Claudio Vigo (Imprimatur)

Foto: Divulgação

“Quase Crônico” de Claudio Vigo (Imprimatur) mescla memórias a ficção. Segundo o prefácio de Antônio Saraiva, a obra possui um vasto elenco de personagens pitorescos em situações onde o prosaico se funde ao extraordinário. O lançamento acontece no próximo dia 15, na Livraria Blooks na Reserva Cultural, às 19h.

Vigo é arquiteto, tem 57 anos, casado e pais de dois filhos. “Quase Crônico” é seu segundo livro.

A Livraria Blooks fica na Av. Visconde do Rio Branco, 880 – São Domingos, Niterói. Dia 15, às 19h. R$ 40 o exemplar. Telefone: 3604-9931. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top