Assine o fluminense

Diogo Nogueira em dois tempos no Teatro Municipal

Sambista faz duas apresentações em Niterói nesta quarta: às 19h e às 21h

Repertório será composto por diversos sucessos como “Alma Boêmia”, “Clareou” e “Pé na Areia”, e novas canções

Divulgação: Rogério Von Kruger

Diogo Nogueira chega ao Teatro Municipal de Niterói com o show “Tá faltando o quê?”, nesta quarta-feira (29), com duas apresentações: às 19h e 21h. O repertório será composto por diversos sucessos como “Alma Boêmia”, “Clareou” e “Pé na Areia”, que já possuiu 35 milhões de views no YouTube e entrou no repertório de diversos artistas de samba e pagode, além de ter sido regravada por vozes como Thiaguinho.

Os shows também contarão com as músicas do novo CD do cantor, “Munduê”, como “Coragem” e “Andei Lá”, e clássicos do samba dos cantores mais influentes do cenário, como de seu próprio pai, João Nogueira, com a canção “Espelho”, a qual Diogo assume não poder faltar em seus shows. 

Para o cantor, se apresentar no Teatro Municipal o faz lembrar dos tempos do começo da carreira.

“Tenho um carinho enorme pelo Teatro Municipal de Niterói. Fiz importantes shows nesse teatro, especialmente no início da minha carreira, e já tem bastante tempo que não me apresento lá. Vai ser emocionante voltar a fazer show no Municipal”, recorda.

O show foi batizado com o nome do single lançado em dezembro do ano passado em todas as plataformas digitas e, inclusive, ganhou um videoclipe feito em Madureira. A apresentação também será marcada pelo lançamento da nova canção do cantor, chamada “Samba de Arerê”, lançada nas plataformas digitais em abril deste ano.

Filho de um dos precursores do samba e do fundador do Clube do Samba, Diogo Nogueira conta como é para ele lidar com toda essa história. “Desde o início da minha carreira, sempre busquei lidar com tranquilidade e fazer aquilo que me desse alegria, me desse prazer. É uma responsabilidade grande levar a bandeira do samba, ainda mais sendo filho de um artista tão importante como foi meu pai, João Nogueira”, assumiu.

O Teatro Municipal de Niterói fica na Rua Quinze de Novembro, 35 - Niterói. Nesta quarta (29), às 19h e 21h. Preço: R$ 140 (inteira). Classificação: 18 anos. Telefone: 2620-1624.

Diogo veio de uma família de bambas e cresceu no meio de personalidades como Beth Carvalho, Martinho da Vila, Jorge Aragão e Alcione, que participaram do clube formado por seu pai. O carioca é cantor, compositor, instrumentista e apresentador e, com 11 anos de carreira, é um dos principais sambistas do cenário atual. 

Estreou como ator no musical “SamBRA”, em 2015, realizado em comemoração do centenário do samba. Na TV, Diogo é apresentador do programa “Samba na Gamboa”, líder de audiência da TV Brasil, e no rádio apresenta o programa semanal “Batukada Boa”, com uma roda de samba ao vivo na Rádio Transcontinental de São Paulo. Além disso, criou o projeto “Samba de Rua”, em que reúne sambistas em uma roda de samba no famoso viaduto de Madureira com objetivo de celebrar as tradicionais rodas de samba. 

O cantor tem nove CDs e quatro DVDs lançados e foi indicado ao Grammy Latino por todos os seus álbuns e ganhou com o álbum “Tô Fazendo a Minha Parte” na categoria Melhor Álbum de Samba/Pagode, em 2010. Portelense de coração, o cantor também já escreveu quatro sambas-enredo para a sua escola em carnavais consecutivos, ganhando nota máxima em todos eles. 

Em comemoração aos seus 10 anos de carreira, Diogo lançou o disco “Munduê” no ano passado, que é seu primeiro álbum com músicas autorais e inéditas. O disco veio para resgatar as raízes do samba, com bastante batuque e força, com parceiros da nova e antiga geração do samba.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top