Assine o fluminense

Duas vozes femininas locais têm o que dizer e cantar

Rebeca Sauwen lança canção solo ‘Corar’ e Mi Kaev estreia com o single ‘Rivers’

Rebeca Sauwen está prestes a lançar seu álbum solo, enquanto Milena Goldophim marca sua estreia na música

Foto: Divulgação / Priscila Haefelli

A cena musical de Niterói está a todo o vapor! Desta vez, duas cantoras niteroienses com muito a dizer acabam de lançar singles de trabalho. Rebeca Sauwen apresenta single e videoclipe de “Corar”, e Mi Kaev faz sua estreia musical com “Rivers”.

Prestes a lançar seu primeiro álbum solo, a cantora e compositora Rebeca Sauwen acaba de lançar “Corar”, faixa-título do álbum, que também já tem videoclipe. A faixa é um mix de MPB e indie pop, que fala sobre as relações de desejo e insegurança. 

“A música discorre sobre a comunicação atravessada de um casal, um eu lírico apaixonado, porém, com questões de insegurança que impedem que a relação caminhe, abordando uma discussão das quedas de braço no desejo e o desequilíbrio que habita no jogo das relações contemporâneas”, revela Rebeca, que participou do “The Voice Brasil” em 2015, fez parcerias com as bandas Oriente e Barcamundi, e também é conhecida por fazer parte do grupo local Gragoatá: “A vontade de fazer um disco solo veio como um exercício de autoconhecimento do meu potencial como artista unido à intenção de explorar sons que não fazem muito parte do ambiente do Gragoatá. Eu sempre gostei de R&B, hip-hop e umas bandas experimentais”. 

Mi Kaev, projeto musical da cantora e compositora Milena Goldophim, apresenta a música “Rivers”, marcando sua estreia na música, com produção de Natália Carrera.
A faixa gravada em inglês traz uma metáfora sobre um mundo de amor, cores e força, que resiste sob a Baía de Guanabara, apesar das construções cinzas na superfície, comandadas por homens uniformizados, entoada por uma sonoridade indie pop experimental e pela voz única e marcante da cantora.

“Essa foi a minha primeira composição musical. Gravei uma demo dela com a ajuda de dois amigos que criaram um clima bem aquático pra música, e quando conheci a Natália Carrera, em 2017, resolvi gravar com a produção musical dela”, conta Mi.

Formada em Cinema pela UFF, Milena sempre teve fascínio por música e suas possibilidades audiovisuais. Durante a faculdade, dividia seu tempo com projetos de bandas para se apresentar na noite, onde desenvolveu experiência de palco e iniciou os estudos de teclados e sintetizadores, elementos que fazem parte da faixa. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top