Assine o fluminense

Espaço Cultural CCR Barcas apresenta exposição de fotos

Exposição "Olhares Cruzados: Imagens de Duas Culturas" vai até o dia 21 de dezembro

 

A partir desta quarta-feira (24), o Espaço Cultural CCR Barcas apresenta no salão de embarque da Estação Praça XV-Charitas, a exposição "Olhares Cruzados: Imagens de Duas Culturas". O evento, promovido por meio de uma parceria entre a CCR Barcas e a Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC), visa a aproximar os dois países culturalmente por meio de fotos tiradas pela fotógrafa brasileira Ana Rodrigues em Toronto e pelo fotógrafo canadense Robert DiVito no Rio de Janeiro.

A quarta edição do projeto, que também pode ser conferido na sede do Arquivo Nacional, no Centro do Rio, até o dia 21 de dezembro, tem como objetivo fomentar a cultura e mostrar os cenários brasileiro e canadense como nunca vistos, com cliques exclusivos dos fotógrafos em Toronto e no Rio.

"Os fotógrafos convidados captaram em detalhes as nuances das duas cidades. Eles foram escolhidos devido aos seus trabalhos de sucesso e história pessoal. Vimos que ambos conseguiram agregar um olhar especial e diferenciado nas fotos”, afirma Paulo de Castro Reis, diretor de Relações Institucionais da Câmara de Comércio Brasil-Canadá.
A mostra deste ano, que conta também com o apoio do Consulado Geral do Canadá no Rio de Janeiro e do Consulado Geral do Brasil em Toronto, tem novidades. Para quem deseja visitar toda a exposição, a CCBC disponibiliza o aplicativo "Brasil-Canada Experience", disponível para os sistemas Android e IOS. Com ele, os interessados poderão conferir todos os detalhes da exposição fotográfica, sem perder nenhum detalhe.

“Como é um conceito inovador de se fazer uma exposição de fotos em diferentes pontos da cidade, a tecnologia auxiliará os cariocas e turistas que estiverem na região, a conferir toda a ação nos dois locais da mostra”, comenta de Castro Reis.

Para o diretor de Relações Institucionais da CCBC, a iniciativa é uma forma de ampliar o acesso a conteúdo cultural de alta qualidade e estimular as intervenções artísticas na região carioca. “Estamos levando a galeria às ruas. Esse processo de democratização da cultura, não só estreita laços dos brasileiros com sua própria cidade, mas também com uma importante cidade canadense. Através dos “Olhares Cruzados” dos dois fotógrafos, vamos perceber o quão interessantemente diferentes, e ao mesmo tempo semelhantes, nós podemos ser”, conclui.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top