Assine o fluminense

arrow

Muita diversão e aventura vão contagiar a Sala de  Cultura Leila Diniz no dia 16 de março, às 12h, com a peça “A Bruxinha e o Gato Preto”. A obra, dirigida por Cezar Cavalcanti e Gugu Araújo, faz parte do Giro Cultural, programa oferecido gratuitamente no espaço.

banner

Casamento

Numa concorrida festa, o mais novo casal, Luiza Lima e Moreno Ferreira, receberam convidados e amigos em um salão de festas na Estrada Fróes. Moreno é filho da ex-bailarina Vânia Rodrigues, que já trabalhou e coordenou a Companhia de Balé de Niterói. O casal está indo morar no Canadá.

Alerta

Todo cuidado é pouco ao circular pelas festas, mesmo as mais seletivas, esquecendo que as bolsas não podem ser descuidadas e deixadas nas mesas sem que esteja alguém conhecido. As reclamações de desaparecimento têm aumentado.i

Melhoria

Com a retomada da economia a passos lentos, o cenário de recuperação de crédito entre os consumidores começa a dar sinais de melhora. Dados apurados pela CNDL e pelo SPC Brasil mostram que cresceu 11,5% o volume de brasileiros inadimplentes que regularizaram suas pendências.

Oportunidade

Foram abertas as inscrições para o programa Aprova Jovem, que oferece duas mil bolsas de estudo on-line. Até semana passada, mais de 150 alunos se inscreveram. A iniciativa é da Coordenadoria de Políticas Públicas para a Juventude, através do curso Descomplica.

banner

Primeira edição...

O Cremerj sediou a primeira edição do Café, Ciência e Saúde da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), que conta com a promoção e apoio da Sociedade Brasileira de Higiene e Saúde Pública (Sobrahsp) e do Conselho.

...do café

Abriram o evento, os presidentes Sylvio Provenzano, do CRM; Jerson Lima Silva, da Faperj; e Bernardo Soares, do Sobrahsp; e os conselheiros do Cremerj, Antônio Joaquim Werneck, Antônio Abílio de Santa Rosa e João José Bosco Quadros Barros.

Cinema...

Acontece até o dia 25 de março, no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro, a Mostra de Cinema Árabe Feminino, que tem como objetivo retratar a diversidade do cinema árabe através de uma seleção de mais de 30 obras cinematográficas dirigidas por mulheres.

...árabe

O filme de abertura é “Os Afortunados”, de Sofia Djama, premiada diretora argelina. Questões políticas e sociais permeiam as produções árabes contemporâneas em uma programação que inclui debates, mesas-redondas e uma masterclass de roteiro com a diretora Sofia.

Scroll To Top