Assine o fluminense

A força dos Jorges nas artes

Continua em cartaz no Museu Janete Costa de Arte Popular a exposição “Na Companhia de Jorge”

Mostra revela 80 obras da coleção de Jorge Mendes e Jorge Guedes

Divulgação

Continua em cartaz no Museu Janete Costa de Arte Popular a exposição “Na Companhia de Jorge”, composta por diversas obras da coleção do cenógrafo e professor de artes Jorge Mendes e de seu sócio Jorge Guedes. 
Composta por 80 obras, entre esculturas, telas e quatro instalações, a mostra apresenta as diversas faces de São Jorge, sob o olhar de artistas populares nacionais como Welington Ferreiro, Mestre Dezinho e Nicola. Jorge Mendes e Jorge Guedes, devotos de São Jorge, também assumem a curadoria da mostra.

“Queremos discutir questões como intolerância religiosa, a diversidade e o respeito que deve ser conquistado. Elegemos São Jorge como ponto de ligação entre várias religiões, entre várias manifestações culturais, e sabemos da importância dele para muitas pessoas”, comenta Jorge Mendes.

O trabalho ocupa o segundo piso e a recepção do Museu, e também apresenta diferentes elementos que estão ao redor da entidade, como a lança, o dragão e o cavalo. 

Além do Rio e de Ilhéus, São Jorge, conhecido como Santo Guerreiro, é o padroeiro de diversos lugares do mundo e é considerado um dos mais cultuados da religião.

O Museu Janete Costa de Arte Popular fica na Rua Presidente Domiciano, 178-182, no Ingá. Até o dia 8 de outubro. De terça a domingo, das 10h às 18h. Entrada franca. Censura: livre. Telefone: 2705-3929.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top