Assine o fluminense

Morre o niteroiense Altair, bicampeão mundial em 1962

Ex-jogador que marcou a história do Fluminense e da Seleção Brasileira sofria do Mal de Alzheimer

Niteroiense Altair foi campeão do mundo em 1962 com a Seleção Brasileira

Foto: Arquivo

Morreu na madrugada desta sexta-feira (9) o niteroiense e ex-lateral esquerdo Altair, aos 81 anos. O jogador que marcou a história do Fluminense e conquistou o título da Copa do Mundo de 1962, no Chile, sofreu uma falência múltipla dos órgãos. Altair foi diagnosticado com Mal de Alzheimer desde 2013. 

O jogador teve uma carreira vitoriosa no Fluminense. Ele foi o quarto jogador com mais partidas pelo clube: foram 551 jogos. Altair conquistou, ainda, três títulos estaduais pelo Tricolor. 

O sepultamento de Altair acontecerá às 17h desta sexta-feira, no Cemitério Maruí, no Barreto. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top