Assine o fluminense

Novo olhar sobre um mesmo tema

Rafael Duarte lança o livro ‘RIO’, uma declaração de amor imagética

O fotógrafo carioca Rafael Duarte revela ângulos poéticos da Cidade Maravilhosa

Guilherme Leporace / Divulgação

Desafiar os olhares mais aguçados e revelar ângulos inusitados. Assim é a proposta de “RIO”, novo livro do premiado fotógrafo carioca Rafael Duarte, que revela uma outra cidade do Rio de Janeiro. Em busca dos cenários mais inusitados, Rafael explorou na totalidade as zonas Norte e Sul, Oeste, Centro, Baía de Guanabara e Niterói.

“Niterói tem paisagens lindas e isso a torna muito especial. Até mesmo a viagem de barca já é uma experiência incrível. De suas praias, estradas costeiras e parques, é possível admirar a silhueta do Rio, com destaque para todo o maciço da Tijuca e, claro, o morro do Pão de Açúcar. O fim de tarde na cidade é o momento mais especial”, elogia Duarte.

A obra de 200 páginas com fotografias em preto e branco e editada pela Editora Bambalaio é um convite para que o leitor faça uma viagem pelo Rio ao longo dos quatro capítulos que representam recortes das regiões da cidade. 

O percurso segue a lógica do descobrimento e da ocupação urbana. Começa pela baía de Guanabara e as silhuetas das montanhas vistas de Niterói, entra pelo Centro antigo, passa pela Zona Norte e cruza a Floresta da Tijuca até chegar à Zona Sul e, por fim, desbrava os recantos mais inóspitos da Zona Oeste situados no Parque Estadual da Pedra Branca. 

“Cada fotógrafo tem seu interesse e, a partir disso, cria sua abordagem artística pessoal ao desenvolver qualquer tipo de narrativa fotográfica. No meu caso, iniciei esta série a partir da curiosidade de redescobrir um Rio diferente a cada dia que subia o Parque Nacional da Tijuca pedalando. Das montanhas, fui para os monumentos, para os prédios, e transportes alternativos em busca de ângulos que pudessem revelar ao espectador ângulos que, no mínimo, poderiam ser incomuns para ele e, com isso, despertar para uma reconexão com a cidade. Foi a minha maneira de explorar esta, que é uma das cidades mais fotografadas do mundo, só que a partir de uma inquietude e interesses muito pessoais, e que tem uma relação direta com o meu estilo de vida”, ressalta o fotógrafo.

No Instagram do fotógrafo está disponível uma Instassérie, trazendo em forma de episódios temáticos alguns dos vídeos criados para o projeto fotográfico do livro “RIO”.  As fotos também estarão em exposição na Cinza Galeria, na Estrada da Gávea, a partir de 28 de março.

 

 

Longe de casa – Seguinte Ao longo de sua jornada, a paquistanesa Malala Yousafzai visitou uma série de campos de refugiados, o que a levou a pensar sobre sua própria condição de migrante. O livro é, ao mesmo tempo, de memórias e uma narrativa coletiva, onde ela explora sua própria trajetória de vida e apresenta as histórias de nove garotas de várias partes do mundo.

As vidas de José Bonifácio – Estação Brasil Conhecido como o Patrono da Independência do Brasil, José Bonifácio é uma figura histórica tão fascinante quanto enigmática. Ao procurar entender quem foi o homem por trás do mito, a historiadora Mary Del Priore descobriu um personagem de seu tempo, cheio de contradições e dilemas de seu tempo.

Brilhe na sua praia – Primavera Editorial Da educação ao trabalho, este livro inspirador e provocante celebra os avanços que as mulheres negras já fizeram, ao mesmo tempo em que fornece conselhos práticos para quem quer fazer o mesmo e criar um futuro melhor. Ilustrado com histórias e entrevistas com as mulheres negras mais bem-sucedidas na Grã-Bretanha.

Passatempos ecológicos do Lucas – Pod Editora  O livro usa o recurso lúdico para despertar a consciência ambiental do público infantil. Além de ensinar ecologia às crianças, também difunde a sustentabilidade na hora da compra do livro. Ele só é impresso depois da venda, pelo site da editora. Com isso, nada de estoques parados nem de desperdício de papel.

Leonardo Valente está entre os 50 escritores brasileiros que participarão de evento literário mundial

Divulgação

Niteroiense na ‘Primavera Literária’ 

O escritor niteroiense Leonardo Valente será este ano o primeiro escritor de Niterói a participar da Primavera Literária Brasileira, mais importante evento da literatura brasileira no exterior, organizado pela Sorbonne, e que acontece na França, Bélgica, Canadá e EUA.

Apenas 50 escritores brasileiros de todo o País foram convidados. O objetivo da participação do autor é dar palestras e divulgar as obras brasileiras para universitários, intelectuais, editores e grande público europeu e americano.

O Printemps Littéraire Brésilien tem perspectiva pedagógica de promoção e divulgação da cultura e da literatura lusófonas. 

Jornalista e professor, Leonardo lançou no ano passado “Apoteose” (Editora Mondrongo), um retrato sensível e pouco conhecido do universo das escolas de samba do Grupo de Acesso do Rio de Janeiro.

 

 

Bastidores de uma estrela do pop nacional

A Saraiva abriu para pré-venda da biografia não autorizada da cantora Anitta. No livro “Furacão Anitta” (Editora Agir), o jornalista Leo Dias faz várias revelações sobre a vida da cantora pop. 

Especializado em celebridades, Leo se debruçou sobre a história da cantora, menina nascida de uma família pobre, no subúrbio do Rio de Janeiro, que, desde a infância, sabia muito bem o que queria ser na vida.

Ao longo das páginas, o autor conta sobre as aulas de piano de Anitta com o avô, as brigas com os empresários e outras cantoras, os amores e desamores, até o futuro longe dos palcos.
 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top