Assine o fluminense

O mistério permeia as estreias

Salas de cinema recebem filmes como o terror ‘Maligno’ e o documentário nacional de Beth Formaggini, ‘Pastor Cláudio’

Maligno promete aterrorizar os amantes do cinema

Divulgação

Esta semana de lançamentos mostra o lado hermético do cinema. Estarão nas telonas produções de gêneros e temáticas diversas, mas que se ligam por apresentarem tons de mistério, subjetividade e memórias. 

No suspense “Maligno”, de Nicholas McCarthy, Sarah começa a perceber comportamentos estranhos em seu filho, Miles, que apresenta reações cada vez mais violentas. Suspeitando que seu filho esteja sofrendo com influências malignas, ela decide investigar por conta própria e descobre que estava certa, tendo que deixar seu instinto maternal de lado pela segurança da própria família. 

De Jean Luc Godard, um dos maiores diretores franceses e representante exímio do movimento nouvelle vague, “Imagem e Palavra” foi ganhador da Palma de Ouro Honorária no Festival de Cannes do ano passado, e chega aos cinemas brasileiros esta semana. No longa, Godard se propõe a refletir sobre aspectos do cinema e da representação do mundo através de diversos elementos visuais, como cenas de filmes, trechos de reportagens, vídeos caseiros, desenhos e textos que se mesclam com as imagens durante o filme. 

Da cineasta argentina Albertina Carri – dos polêmicos “Geminis” (2005) e “La Rabia” (2008)–, o drama “As Filhas do Fogo” parece não fugir da linha impactante produzido pela diretora até então. Se trata de um road-movie erótico que acompanha três mulheres viajando de carro pela Patagônia enquanto vivem um relacionamento poliamoroso, em busca de prazer e de uma diversão que vai na contramão das regras sociais. Formando um grupo, as viajantes levantam uma bandeira com o propósito de ajudar outras mulheres, as livrando dos mesmos problemas que elas. 

 

Divulgação

Vencedor do Prêmio do Público de Melhor Longa-Metragem no Festival Internacional de Toronto Kids, eleito Melhor Filme no Chicago International Children’s Film Festival e na Mostra Geração, no Festival do Rio, o longa “Sobre Rodas”, de Mauro D’Addio, chega, esta semana, aos cinemas de 18 cidades brasileiras. O filme conta a história de Lucas, um menino de 13 anos que, após um acidente que o colocou em uma cadeira de rodas, volta à escola, onde conhece Laís, uma menina de sua idade que lhe dá um novo motivo de vida: ele decide ajudá-la a buscar o pai, que ela nunca conheceu. 

Da cineasta Beth Formaggini, “Pastor Cláudio” é um documentário que registra a entrevista entre Eduardo Passos, um psicólogo, e o bispo Cláudio Guerra, que foi delegado do Departamento de Ordem Política e Social (DOPS) e responsável pelo assassinato e desaparecimento de várias pessoas durante o período da Ditadura Militar. 

Cine Arte UFF exibe ‘Pastor Cláudio’

Amanhã, às 19h, o Cine Arte UFF promove a exibição de lançamento do documentário “Pastor Cláudio”, seguida de um debate com a presença da cineasta Beth Formaggini – que foi produtora de “Babilônia 2000” (2001), “Peões” (2004), “Edifício Master” (2002), e diretora de “Memória Para Uso Diário” (2007), “Angeli 24 Horas” (2011), “Xingu Cariri Caruaru Carioca” (2015) - e do psicólogo Eduardo Passos, responsável pela entrevista de Cláudio Guerra no longa. 

Preço: R$ 14 (inteira). O Cine Arte UFF fica na Rua Miguel de Frias, 9, em Icaraí. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top