Assine o fluminense

Uma missão teatral

Os niteroienses da Companhia Teatral Teatrando têm a missão de levar alegria às crianças menos favorecidas

A Companhia Teatral Teatrando faz apresentações em festas particulares. Toda a verba arrecadada é direcionada para o projeto social.

Foto: Lucas Benevides

O teatro é uma das mais antigas expressões artísticas e culturais da humanidade e, como tudo que o homem produz, possui uma finalidade. O teatro, além de entreter e propor reflexões pertinentes ao cenário atual da sociedade, traz para o palco a arte em sua pura essência, despertando nos espectadores sentimentos como raiva, compaixão, alegria, tristeza, entre outros. Para as crianças, apresenta a magia das histórias infantis e a oportunidade de ver seu amado personagem à sua frente. Diante disto, a atriz e professora Ketryn Magrini, motivada a levar o teatro para crianças e adolescentes que nunca tiveram a oportunidade de assistir a uma peça teatral, criou o projeto Cia. Teatral Teatrando. 

Ketryn trabalhava como professora para uma ONG de teatro e, após conseguir apoio do Centro Espírita Cristão Luz do Oriente, que cedeu o espaço para que ela pudesse se dedicar e dar aulas de teatro para o projeto, a artista conseguiu reunir pessoas dispostas a acompanhá-la em sua iniciativa.  

“Nosso lema é ‘O teatro não é para poucos. O teatro deve ser para todos’. Conseguimos tudo à base de doação. Começamos do zero, o Centro nos acolheu e somos muito gratos. Conseguimos um cenário legal, figurino e a máquina de fumaça aos poucos”, pontua Ketryn.

A companhia leva para orfanatos, escolas comunitárias e abrigos de Niterói às clássicas peças infantis “Peter Pan” e “Pocahontas”.

“Fiz muito teatro infantil ao longo da minha trajetória como artista e ficava observando que ali havia crianças muito acostumadas a assistir a peças. Eu já tinha este sonho de poder levar o teatro às crianças que não têm oportunidade de ir ao teatro e me juntei a essas pessoas. Começamos a trabalhar no projeto, ensaiar a primeira peça, que foi ‘Peter Pan’. Isso fez com que a gente, além de realizar um sonho de ver essas crianças se divertirem, pudéssemos evoluir como pessoa também. Como artista, sempre pensei em levar o que eu aprendi, o que eu estudei. Principalmente para as crianças”, admite a artista.

A companhia leva para orfanatos, escolas comunitárias e abrigos de Niterói as clássicas peças infantis “Peter Pan” e “Pocahontas”

Foto: Lucas Benevides

A Cia. Teatral Teatrando surgiu oficialmente há dois anos, e, desde o começo, estavam ao lado da atriz os atores Larissa Santos, Louise Vieira, João Zetgsche, Jean Nascimento, Mel Lima, Guilherme Medeiros e Lilian Magrini. Para a montagem da peça “Pocahontas”, Bryan Magrini, Rafael Santi, Victor Lopes, Felipe Marques e Márcia Medeiros ingressaram no time.

Louise Vieira interpreta as personagens principais em ambos os espetáculos. 

“É realmente muito gratificante para mim estar neste projeto. Quando entrei, Ketryn só dava aula para mim e mais um garoto, depois João entrou também. A professora sempre teve esse projeto de transmitir cultura às crianças menos favorecidas e eu também. E é o que fazemos”, declara Louise.

O ator João Zetgsche interpreta Peter Pan e Capitão Smith, par romântico de Pocahontas. 

“Quando Ketryn me fez o convite para participar de vários projetos sociais, fiquei muito feliz. Era tudo que eu queria, sempre fiz teatro com essa intenção, não para me comparar a atores famosos. É muito bom participar, levar alegria às crianças e outras pessoas”, desabafa João. 

A companhia também faz apresentações em festas particulares. Toda a verba arrecadada é direcionada para o projeto social. 

“Costumamos pensar que fazer o bem é fácil. Nosso País é tão burocrático que, infelizmente, a gente não conseguiu abrir espaço para apresentar em escolas públicas, algo que queríamos muito”, lamenta Ketryn. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top