Assine o fluminense

Unidos pelo amor à arte

Paula Paes Leme, Rodrigo Saramago e João Paes Leme reúnem seus trabalhos na primeira edição do Entreartes, na Ponta da Areia

Paula apresenta esboços da nova coleção que traz um desafio artístico do abstrato no equilíbrio da geometria

Lucas Benevides

Parece que nunca foi tão verdadeira a antiga frase “a união faz a força” ou “juntos somos mais fortes”, vide a quantidade de eventos que Niterói e o Rio têm feito em parceria. Nesta semana, se juntam três tipos de produção cultural no Galpão Galeria, no bucólico bairro Ponta da Areia, em Niterói: artes plásticas, escultura e literatura, respectivamente de Paula Paes Leme, Rodrigo Saramago e João Paes Leme. Eles realizam, com colaboração da idealizadora Cacau Dias, a 1ª edição do Entreartes, amanhã, de 18h às 23h. 

Os visitantes poderão conhecer um esboço da nova coleção de Paula, intitulada “Um por todos os lados e todos por um abstrato”. As telas terão preferencialmente lados de 1m x 1m e, de acordo com a artista, trata-se de uma provocação à obra de Alexandre Dumas, “Os Três Mosqueteiros”, buscando um desafio artístico do abstrato no equilíbrio da geometria.

“Há uma conversa entre eles e os títulos já expressam essa sintonia: “Um sol/um brilho”, “Um espelho/um vulto”, Um som/um eco”, “Um ser/um estar” e “Um ser/um mar” – essa última totalmente idealizada para Niterói, onde o MAC tem uma interação com o mar da Baía da Guanabara, expressando um suspiro de esperança. Vale sublinhar que a fotógrafa Renata, da mesma família Paes Leme, interveio nessa e em diversas obras, com a superposição de suas belas imagens – enriquecendo, assim, o evento. E muito mais das coleções remanescentes estarão presentes, talvez 40 a 50 obras, que detalham a evolução ocorrida nesse último ano da minha carreira”, comenta Paula. 

Saramago exibirá sete esculturas

Lucas Benevides

Usando seu critério plástico, Rodrigo Saramago escolheu sete entre as últimas 10 esculturas que produziu usando uma nova técnica, resultado do aprimoramento do seu trabalho no decorrer de todo o processo. Perguntado sobre a leveza transmitida pelas suas esculturas, Rodrigo é categórico: 

“O momento ‘gentil’ é meu. Estamos em tempos turbulentos, os seres (como se refere aos ‘personagens’ esculpidos) apareceram justamente de uma vontade minha de transitar por um mundo menos agressivo, violento e competitivo. Minha obra dialoga diretamente comigo, pois meu trabalho sou eu. Faço-as de mim, do que vivo e do que sinto. Muitas vezes me entendo através dele. Enfim, minha arte vem de dentro”, analisa Rodrigo. 

Já João Pedro lança seu primeiro romance, “Jupira, Jurandir e sua penca de intrusos”

Lucas Benevides

Entrando no universo literário, o ex-empresário João Paes Leme lança seu primeiro romance, “Jupira, Jurandir e sua penca de intrusos”. Segundo João, a veia artística veio de casa, pois é filho do pintor e escultor Luiz Bartholomeu Paes Leme, fundador da escola de Belas Artes de Niterói e vencedor de concursos de arte do Museu Nacional de Belas Artes, local que abriga algumas de suas obras. 

“Aposentei-me e, com isso, meu tempo ficou bem livre, então resolvi escrever e me aventurar pelo mundo literário. O livro conta a história de uma época em que tudo era muito bom para a minha família, pois refere-se à nossa infância junto com nossos pais, tios e vizinhos. Conto esta história baseado na realidade, misturada com ficção”, acrescenta João. 

Para Cacau Dias, o projeto se inspirou nas grandes cidades mundo afora, onde a cultura se espalha por cada canto, seja dentro dos circuitos tradicionais, galerias alternativas ou nas próprias ruas dos bairros.
 
“Nossa cidade é um verdadeiro celeiro de artistas. Seja na pintura, música, escultura, literatura, dança, entre outros, sempre tem um niteroiense se destacando e brilhando pelo mundo. Pensando nisso, por que não valorizar nossa “prata da casa”, além de dar uma badalada em Niterói? Nossa cidade tem tudo para entrar nesse caminho”, ressaltou a idealizadora.

 O Galpão Galeria fica na Rua Santa Clara, 2A – Praça Dr. José Vitorino, na Ponta da Areia, em Niterói. 1ª edição do “Entreartes”, amanhã, de 18h às 23h. Entrada franca.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top