Assine o fluminense

Viradouro: disputa de samba-enredo começa neste sábado

Parcerias que estarão na disputa têm diversos compositores

Compositores iniciam disputa

Divulgação

Por André Bernardo 

A Unidos do Viradouro dá início, neste sábado (17), à primeira etapa do concurso que vai escolher o samba para o desfile do ano que vem. Das 22 obras inscritas, 12 foram selecionadas para as eliminatórias. 

Com o enredo “Viradouro de Alma Lavada”, que será produzido pelos carnavalescos Tarcísio Zanon e Marcus Ferreira, a agremiação que “lavou a alma” este ano, conquistando o vice-campeonato, retorna, à luz de sua história, a homenagear as mulheres que fazem parte da história e da cultura do país. Mulheres como Dercy Gonçalves, Tereza de Benguela, Anita Garibaldi e Bibi Ferreira pedem passagem para a memória ancestral de mulheres negras, às margens do Abaeté, que pretendem lavar a alma do carnaval na figura de Maria da Paixão dos Santos Anjos: são as Ganhadeiras de Itapuã.

O samba-enredo, que é um dos quesitos avaliados pelos jurados, é um dos ingredientes mais importantes do desfile, pois é a tradução musical do tema que a escola vai desenvolver ao longo da apresentação. Serve para que o público e os componentes das escolas entendam o tema e é a “trilha sonora da festa”, ou seja, deve motivar os desfilantes, para que se apresentem com maior empolgação.

Grandes sambas – A Viradouro é uma escola que tem a fama de sempre levar grandes sambas para a Marquês de Sapucaí. Desde o de 1991 (homenageando Dercy Gonçalves), passando pelo de 1997 (ano em que foi campeã), 1998, 2003 (homenageando Bibi Ferreira) e 2007, a escola de Niterói faz o público levantar. A ideia é  manter a tradição em 2020.
As parcerias em disputa têm os seguintes compositores, em ordem de apresentação:
l Cecília Cruz, Diana Nascimento, Juaciara Dos Santos e Thaís Villela
l Lucas Macedo, Matheus Gaúcho, Willer Borges e Tiago Correa
l Dominguinhos do Estácio, PC Portugal, Mocotó, Lico Monteiro, Willian Neves, Família Azul e Rosa, Lucas Valentin, Marcelo Lepiane, Luizinho das Camisas e Serginho Piranha
l Felipe Filósofo, Fabio Borges, Pereira, Porkinho, Paulo Salum, F. Siqueira, Devid Gonçalves e Bertolo
l José Antônio, Jorge Lambreta, Julio Louzada, Tio Zé, Bichão Badico, Cara De Macaco e Washington Motta
l Evaldo, Waldeir Melodia, Floriano do Caranguejo, Zé Luiz, Milton Junior, Adriano Faca, Dr. Heleno, Damião Alves, Sandro Garcia e W. Canoa
l Dan Passos, Victor Rangel, Deco, Hélio Porto, Cristiane Mazarim, Ari Jorge, Serjão, Henrique Hoffman e Miranda
l Claudio Mattos, Thiago Meiners, Maninho da Cuíca, Oliveira, José Bastos e Marco Moreno
l Marcos Oliveira, Pedrão, Roberto Ribeiro e Seu Reginaldo de Itapuã
l Sérgio Pavão, Maria Preta, André Freitas, Bruno Braga, Alcineu Figueira, Gilson Silva e Augusto Santana
l Renan Gêmeo, Rodrigo, Bebeto Maneiro, Thiago Carvalhal, Ludson Areia, Jr. Filhão, Raphael Richaid, Ricardo Neves, Carlinhos Viradouro
l Dadinho, Fadico, Rildo Seixas, Manolo, Anderson Lemos, Carlinhos Fionda e Alves
Nesta primeira eliminatória, que acontecerá a partir das 18h, com entrada franca, serão eliminados quatro sambas.
A quadra da Viradouro fica na Av. do Contorno, 16, no Barreto, em Niterói. A final do concurso será no dia  21 de setembro. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top