Assine o fluminense

Mais diplomas nas classes C e D

Aumentou a proporção de alunos concluintes no ensino superior privado nas faixas de renda inferiores a três salários mínimos

O Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior lançou nesta segunda-feira (28), em São Paulo, estudo que mostra um quadro detalhado da educação superior no país. Segundo o Mapa do Ensino Superior no Brasil 2017, aumentou a proporção de alunos concluintes no ensino superior privado nas faixas de renda inferiores a três salários mínimos e de jovens pertencentes as classes C e D na comparação com o estudo anterior.

O aumento do número de formandos chegou a 4,7 pontos percentuais na faixa com renda familiar de até 1,5 salário mínimo, ou seja, 13,5% dos formados, e de 3,4 pontos percentuais na faixa entre 1,5 e 3 salários mínimos, o que representa 26,8%.  

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top