Assine o fluminense
Concursos

Juiz, professor universitário e escritor Willian Douglas oferece dicas com orientações sobre a melhor forma de estudar e se preparar para concursos públicos

Mais organização, menos medo

Muitos ótimos candidatos têm receio ou medo de serem reprovados ou, problemas de autoestima, o que os faz duvidar de sua capacidade. Isso é ainda mais visível entre concurseiros mais pobres, negros ou mulheres, que, fatalmente, esperam que o preconceito que sofrem cotidianamente seja transferido para a prova. Outros simplesmente não acreditam que têm o que é necessário para passar, esses temem a banca, a concorrência, acham que não aprenderam a matéria ou que não saberão transmiti-la.

Como “guru dos concursos” posso afirmar, com convicção, que qualquer pessoa que estude e treine o suficiente, que fique no sistema o tempo necessário e que for corrigindo suas falhas ao longo do processo de preparação será aprovada, mais cedo ou mais tarde. Por isso digo: pare de ter dúvidas ou receios, faça sua parte e as coisas acontecerão na hora certa. Quando você estiver pronto, vai passar: não importa quem é ou de onde vem, o que importa, de verdade, é o quanto você tem se esforçado para alcançar seu objetivo.

Por outro lado, temos aqueles que são extremamente autoconfiantes, seja por seu alto nível de qualificação ou por terem obtido resultado favorável em alguma etapa. Com mais de 20 anos preparando pessoas para os mais diferentes níveis de prova, descobri que esses costumam ser os candidatos mais "frágeis", pois tendem a ser mais sensíveis a reprovações injustas ou, por vaidade, tendem a querer competir com as bancas.

Concurseiros de “alta performance” tendem a se cobrar mais e a serem mais imediatistas na busca de resultados. E, em se tratando de concurso público, tempo é parte do processo e é importante ser humilde para saber lidar com ele e não se deixar desanimar.

Para lidar com o tempo, seja o candidato mais autoconfiante ou menos, é importante organizá-lo e otimizá-lo. A tecnologia, as redes sociais e o acesso fácil a uma série de outras informações, ao contrário do que se imagina, não facilitaram a vida dos concurseiros. Quem deseja ser aprovado precisa ser extremamente disciplinado para dar conta da quantidade de matérias e do extenso conteúdo exigido em cada uma delas. Daí, é preciso muito planejamento e uma atenção especial na organização dos horários. Um dos grandes segredos da administração do tempo é estar realmente presente naquilo que se está fazendo: na hora de estudar uma matéria, pense apenas nela; na hora de ter lazer, relaxe. E, claro, montar um quadro horário é imprescindível.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top