Assine o fluminense

UFF promove 10ª edição do Acolhimento Estudantil

Comunidade acadêmica recebe alunos ingressantes com gincana e feira de projetos

Vinte e dois expositores de projetos e representações estudantis – como diretórios acadêmicos

Evelen Gouvêa

Nesta sexta-feira (25), alunos ingressantes dos cursos de graduação da Universidade Federal Fluminense (UFF) durante o segundo semestre de 2017 foram recepcionados com o Acolhimento Estudantil, evento que chegou em sua 10ª edição neste ano. Organizado pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes) da instituição, foram esperadas aproximadamente 600 visitantes na Quadra da Educação Física , localizada no campus Gragoatá, no bairro de mesmo nome.

Vinte e dois expositores de projetos e representações estudantis – como diretórios acadêmicos, ligas e associações atléticas – estiveram presentes. Segundo a coordenadora do evento, Renata Feitoza, a experiência acumulada com o tempo do projeto fez com que houvessem mudanças nesta ocasião:

“Com o passar dos anos, percebemos que o Acolhimento não interessava apenas aos calouros e pessoas que trabalham ou estudam na UFF. Muitas pessoas que vivem no entorno perguntam sobre o evento e sobre como podem participar.”, afirma.

Um dos calouros da universidade. Filipe Brandão, de 20 anos, foi recentemente aprovado para a graduação em Enfermagem, com aulas ministradas na Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa. Ele comenta sobre a necessidade dos novos estudantes em interagir com o espaço universitário.

“Espero, a partir deste evento, ter mais contatos com os veteranos de outros cursos. Tivemos atividades por toda a semana, mas hoje foi um dia especial.”, relata.

Já Igor Moraes Cardoso, aluno do sexto período do curso de Ciências Biológicas e presidente da Liga Acadêmica de Microbiologia, Imunologia e Parasitologia (LIMIP), enfatiza que esta é uma oportunidade de interação entre população e Academia:

“Como esta é nossa primeira atividade da Liga em ambiente externo, buscamos cativar os alunos a participarem não apenas do nosso projeto, mas de outros que estão acontecendo dentro e fora das salas de aula.”, coloca.

Muito animados, os estudantes de Engenharia Civil Max Luan Teixeira, de 20 anos, e Rafaella de Almeida, de 19, participam da Torcida Organizada do curso de Engenharia Civil e do Diretório Acadêmico do curso, esperavam ansiosamente os ingressantes.

"É nossa primeira vez como projeto e estamos ansiosos para que os calouros cheguem. Ficaremos na arquibancada e esperamos ganhar o prêmio de melhor torcida do evento.", animadamente comenta Rafaella.

Programação – Durante a gincana, calouros de 13 diferentes cursos da Uff disputaram em jogos como corrida de saco, cabo de guerra, quiz e karaokê (na qual um calouro cantava junto a um veterano). Além disso, a arrecadação de alimentos foi comentada como algo importante.

Além das premiações das três melhores equipes, também houve uma premiação para aqueles que formaram a melhor torcida.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top