Assine o fluminense

Universidade Candido Mendes oferece bolsão unificado a alunos

Vinte estudantes poderão optar por seis unidades. Provas serão realizadas no dia 29

O pró-reitor e professor da Ucam, Alexandre Gazé, fala sobre as bolsas

Foto: Lucas Benevides

Com o mercado de trabalho cada vez mais competitivo, ter uma qualificação de qualidade é o primeiro passo para quem deseja ganhar seu espaço. Desta forma, a Universidade Candido Mendes (UCAM) oferece uma ótima oportunidade para quem quer ingressar em uma carreira de sucesso: o bolsão unificado 2017.1. As bolsas serão 100%, 50% e 25% dividas para 20 alunos de acordo com a pontuação de cada um. Os alunos poderão optar por seis unidades, Tijuca, Niterói, Friburgo, Jacarepaguá, Méier e Araruama. As inscrições são gratuitas e vão até às 14h do dia 27 de janeiro. As provas serão realizadas no dia 29 e o resultado sairá no dia seguinte, 30 de janeiro.

Especializada em Direitos Humanos, em Ciências Humanas, Sociologia, Direito e Econômia, a Candido Mendes tem 115 anos de história, sendo uma das mais antigas e tradicionais universidades privadas do Rio de Janeiro. O Pró-Reitor de Coordenação e Expansão e Professor da Universidade Alexandre Gazé explica a importância do ingresso dos alunos na universidade. “Isso é bastante interessante, pois lá na frente os alunos irão passar com melhores notas na OAB, no Enem, e irão dignificar mais ainda e valorizar o ensino universitário. Então, resolvemos criar um vestibular de bolsas de até 100%. Fazendo com que as pessoas possam ter a esperança de estudar”, disse.

A referência e excelência em ensino fez com que a estudante Letícia Leão, de 17 anos optasse pelo vestibular da UCAM para o curso de Direito. “Sempre conheci a Candido Mendes pela repercussão positiva no ensino na cidade de Niterói, eu sempre tive muita vontade de estudar lá. E como sou filha única e minha mãe arca sozinha com as despesas da casa, o bolsão pode me dar a oportunidade de retribuir a ela tudo que ela fez por mim”, diz a jovem que já está inscrita no bolsão da universidade.

Gazé também ênfatiza a importância da distribuição de bolsas pela faculdade e também sobre o preço da educação. “A educação não se resgata. O preço por não educar é muito caro no país, cada dia que se passa com esses baixos índices de educação no país, cada vez caminhamos mais um ponto para baixo”, esclarece Gazé, que emenda:

“O professor da universidade, diferente do professor do ensino fundamental, transmite as experiências profissionais dele. E ele consegue de alguma maneira fazer com que haja o despertar da vocação para o que a pessoa está estudando. As pessoas gostam das vivências. Eu entendo, que a educação é um processo de transformação, você só se transforma se for educado. E eu acho fundamental que tenhamos lá na ponta no ensino universitário, a melhoria da qualidade de ensino. Então o segundo grau serve como uma alavanca”, finaliza.

Premiação – A Premiação será meritória, do 1º ao 6º lugar terão bolsas integrais de 100%; 7º ao 12º lugar, as bolsas serão parciais de 50%; 13º ao 20º lugar, serão bolsas parciais de 25.

Os candidatos irão receber números que serão sua identificação para a realização das provas, sendo distribuídos 800 para cada unidade. Não existe distribuição de bolsas por unidade, as mesmas serão distribuídas de acordo com a pontuação geral qualificada. Já, as notas serão atribuídas de 0 a 30, de acordo com os critérios de avaliação do Vestibular Candido Mendes.

As bolsas serão válidas por todo o período em que o candidato estiver regularmente matriculado na Instituição, mas estarão sujeitas às mesmas regras do Regulamento Interno de Bolsas, inclusive, podendo ser canceladas se o aluno não cumprir os requisitos descritos no mesmo. Na parcela denominada “rematrícula”, a primeira de cada semestre, não incide o valor do desconto, devendo ser quitada integralmente em seu valor cheio.
Para se inscrever é fácil, basta acessar o site: http://www.ucam.edu.br/pad/.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top