Assine o fluminense

Abel terá ‘dor de cabeça’ para montar o ataque na Libertadores

Com retorno de Bruno Henrique, aumentam as possibilidades no setor. Diego e Arrascaeta disputam vaga

Artilheiro do Campeonato Carioca, o atacante Bruno Henrique não participou do jogo diante do Vasco que garantiu o título estadual ao Rubro-negro da Gávea, mas deve voltar ao time na partida de amanhã, em Quito, contra a LDU, pela Taça Libertadores.

Com o retorno de Bruno Henrique, o uruguaio Arrascaeta e o meia Diego disputarão uma vaga na equipe que começará jogando no Equador.

Mesmo festejando muito a conquista, o técnico Abel Braga já avisou que sua preocupação agora é com o confronto com a equipe equatoriana que jogará suas últimas chances diante da equipe brasileira. Só a vitória mantém a LDU na briga para conquistar uma vaga para a segunda fase e O treinador do Flamengo espera uma partida muito difícil.

“É a última chance da LDU. Um time que em casa é difícil de bater. Temos que ir com esse sentimento”, disse o treinador em sua coletiva no Maracanã.

Abel também dedicou parte da sua entrevista para homenagear outros treinadores que passaram recentemente pelo Flamengo como Mauricio Barbieri e Dorival Júnior, mas dedicou atenção especial a Zé Ricardo, técnico demitido pelo Botafogo após a eliminação da equipe alvinegra da Copa do Brasil, pelo Juventude. Abel condenou a atitude de alguns torcedores do Botafogo que tentaram agredir Zé Ricardo no aeroporto quando a delegação voltou de Caxias do Sul.

O elenco do Flamengo se reapresentou na manhã de ontem, e seguiu para o aeroporto do Galeão após o almoço, para embarcar para Quito.

O Rubro-Negro lidera o grupo D da Libertadores com 9 pontos, mesma contagem do Peñarol, que enfrenta o San José também nesta quarta, na Bolívia. Um empate com a LDU, tira a equipe equatoriana da disputa e garante o Flamengo nas oitavas de final da competição. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top