Assine o fluminense

Athletico atropela o Fluminense

Em tarde pouco inspirada, tricolor perde por 3 a 0 na Arena da Baixada

Furacão venceu com facilidade o tricolor carioca neste domingo na Arena da Baixada

Miguel Locatelli / Athletico-PR

O Athletico fez valer mais uma vez o mando de campo e venceu por 3 a 0 o Fluminense, neste domingo, na Arena da Baixada, pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, os paranaenses chegaram a dez pontos e estão na parte de cima da classificação. Já os cariocas, com seis, permanecem próximos da zona de rebaixamento.

Os donos da casa dominaram os 90 minutos do confronto. O Athletico sacramentou a vitória ainda no primeiro tempo, com gols de Lucho González e Rony. Na etapa final, os paranaenses diminuíram o ritmo, pois estavam com um jogador a mais desde o primeiro tempo, mas tiveram tempo de aumentar o marcador com Marcelo Cirino.

Na próxima rodada, o Athletico terá pela frente o Palmeiras, em São paulo, no sábado. O Fluminense terá pela frente o clássico contra o Flamengo, no domingo, no Maracanã.

O jogo

O Athletico começou a partida pressionando a saída de bola do Fluminense. A postura quase deu certo logo aos três minutos, quando Marco Rubén acertou a trave.

O Fluminense tentava os avanços, mas sofria com a rapidez dos donos da casa. Tanto que aos dez minutos, a zaga cortou mal a bola, que sobrou para Rony na área. O atacante dominou, mas chutou na rede pelo lado de fora.

O domínio do Athletico surtiu efeito aos 20 minutos. Rony cruzou pela esquerda e encontrou Lucho González livre para cabecear sem chance para Rodolfo.

Mesmo depois do revés, o Fluminense não conseguiu melhorar na partida. Os tricolores chegavam ao ataque, mas sem incomodar o goleiro Santos. Do outro lado, o Athletico aproveitava os espaços e quase ampliou aos 30 minutos. Marco Rubén foi lançado na área e chutou para boa defesa de Rodolfo. Para piorar a situação dos visitantes, o volante Airton foi expulso ao cometer falta violenta em Bruno Guimarães.

Se a situação já estava ruim para o Fluminense antes da expulsão, depois ficou pior. Aos 37 minutos, Rony aproveitou cruzamento e cabeceou cruzado para a rede em lance bem parecido com o primeiro gol paranaense.

Com boa vantagem no placar, os paranaenses apenas administraram o resultado até o intervalo.

No segundo tempo, o Athletico buscou seguir administrando o resultado desde os primeiros minutos. O Fluminense, mesmo com um jogador a menos, buscava o ataque e chegou a assustar em duas oportunidades, com Yony González. Os donos da casa só assustaram aos 17 minutos, em chute de Nikão.

Ao contrário do primeiro tempo, os paranaenses diminuíram o ritmo e pecavam nos passes no setor ofensivo. Mesmo assim, o Athletico mantinha a posse de bola e quando era exigido contava com a boa atuação dos defensores.

Na parte final do jogo, o Athletico chegou ao terceiro gol, aos 38 minutos. Marcelo Cirino fez boa jogada individual e chutou para o gol. O zagueiro Yuri desviou a bola e acabou com a chance de Rodolfo fazer a defesa. Depois disso, as duas equipes apenas esperaram o apito final do árbitro na Arena da Baixada.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top