Assine o fluminense

Boa fase em jogo no Engenhão

Botafogo e Internacional duelam de olho na tabela, neste domingo, às 17h, pela 35ª rodada do Brasileirão

Botafogo e Internacional se enfrentam neste domingo (18), às 17h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro dispostos a ganhar para manter o bom momento na competição. O Glorioso, que fez 1 a 0 na Chapecoense no interior de Santa Catarina na quinta-feira, alcançou o terceiro triunfo consecutivo, chegou aos 44 pontos e deixou o risco de rebaixamento mais longe. Já é possível até mesmo projetar a vaga na Copa Sul-Americana. O Colorado, que no mesmo dia fez a lição de casa contra o América-MG, ganhando por 2 a 0, tem 65 pontos, cinco a menos que o líder Palmeiras, e pretende manter vivo o sonho de conquistar o título nacional. Os gaúchos não perdem há seis rodadas.

Zé Ricardo, treinador do Botafogo, conversou com seus jogadores sobre a importância de não existir relaxamento, pois, na visão dele, o risco de rebaixamento ainda não foi totalmente afastado.

“Muitos estão falando que estamos livres do risco de rebaixamento, mas existe muito time com trinta e oito pontos que nos passarão na tabela em caso de duas vitórias. Portanto, não afastamos matematicamente o risco e essa ainda é a prioridade. Mas logicamente que se der podemos buscar coisas melhores. Mas não tem isso de projetar. Temos que pensar no jogo a jogo”, disse o treinador.

Também seguindo a mesma linha de raciocínio, Odair Hellmann, comandante do Internacional, quer ver sua equipe tendo o céu como limite, pois entende que o título do Campeonato Brasileiro está em aberto.

“No meu enetender estamos almejando algo maior que é a conquista do título. O Campeonato Brasileiro está em aberto apesar da vantagem do Palmeiras. Temos que pensar no jogo deste domingo e conseguirmos a vitória”, disse Odair Hellmann.

O treinador colorado está atento à subida de produção do Botafogo.

“É um time que vem crescendo muito na reta final e que conta com peças de qualidade. Além disso, em casa é ainda mais perigoso, pois costuma conquistar bons resultados. Vai exigir demais da nossa equipe”, disse Odair Hellmann.

Os colorados também são elogiados pelos botafoguenses, que esperam um choque muito equilibrado.

“O Internacional não está brigando pelo título por obra do acaso. O time é muito bem formado, conta com jogadores de alto nível e vem jogando bem. O Botafogo, porém, precisa muito do resultado positivo para deixar de vez o risco de rebaixamento e pensar em coisas grandes, como manda a história do clube. Vai ser um choque muito equilibrado”, disse o zagueiro Igor Rabello.

Em termos de escalação o Botafogo terá apenas uma mudança. O volante Rodrigo Lindoso, que cumpriu suspensão contra a Chapecoense, reaparece na vaga de Dudu Cearense. O lateral-esquerdo Gilson segue vetado com dores na panturrilha esquerda e Moisés vai permanecer no setor.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top