Assine o fluminense

Brasil com novidades para os amistosos

Com goleiro sub-20 e ‘zagueiro-lateral’, Tite retorna com medalhões

Treinador brasileiro falou também sobre o calendário do futebol brasileiro e reclamou. Brasil vai enfrentar a Arábia Saudita e a Argentina em outubro

Divulgação/ Lucas Figueiredo/CBF

O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira, na sede da CBF, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, mais uma convocação para a Seleção Brasileira visando amistosos preparatórios para a Copa América. A lista de jogadores escolhidos pelo treinador viajarão para a Arábia Saudita, onde enfrentarão o time da casa e a Argentina, em amistosos marcados para os próximos dias 12 e 16 de outubro.

A principal novidade da lista foi o retorno de Gabriel Jesus para o grupo. Muito criticado após a disputa da Copa do Mundo, o atacante do Manchester City retorna após ter ficado de fora da primeira convocação após o Mundial. Outros atletas que retornam após a ficar de fora da primeira lista após o Mundial são o zagueiro Miranda, o lateral Marcelo e goleiro Ederson. Após pedir dispensa da última convocação por problemas pessoais, o meia Renato Augusto é outro que retorna.

Se alguns retornam outros acabam ficando de fora dessa lista. É o caso do zagueiro Thiago Silva e o meia atacante William, que não foram lembrados e não disputarão os amistosos na Arábia Saudita.

Vale lembrar que a primeira lista foi rodeada por polêmicas referentes a jogadores que atuavam em território brasileiro, sobretudo sobre atletas que estão envolvidos na disputa da Copa do Brasil. Justamente por isso, Tite já havia anunciado anteriormente que nenhum atleta dos possíveis finalistas do torneio nacional, que defenda Corinthians, Flamengo, Palmeiras ou Cruzeiro, seria convocado para estes dois amistosos. Em sua coletiva, o comandante chegou a dizer que Dedé e Lucas Paquetá estariam convocados caso estivessem liberados.

Outra novidade que foi repetida da primeira lista é o fato de ter convocar um goleiro sub-20 para que haja uma melhor integração e uma aproximação do jovem atleta com os profissionais. Dessa forma o goleiro escolhido nesta lista foi Phelipe, do sub-20 do Grêmio.

Um caso interessante desta lista foi o caso de Éder Militão. Convocado para os últimos amistosos para substituir o lesionado Fágner como lateral direito, o jovem do Porto agora será utilizado como zagueiro nesta convocação.

Convocados

Goleiros - Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Phelipe (Grêmio, sub-20).

Defensores – Alex Sandro (Juventus), Danilo (Manchester City), Eder Militão (FC Porto), Fabinho (Liverpool), Marquinhos (PSG), Marcelo (Real Madrid), Miranda (Inter de Milão) e Pablo (Bordeuax).

Meias - Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fred (Manchester United), Philippe Coutinho (Barcelona), Renato Augusto (Beijing Guoan) e Walace (Hannover 96).

Atacantes - Everton (Grêmio), Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Malcom (Barcelona), Neymar (PSG) e Richarlison (Everton). 

Calendário – Após realizar a sua convocação para os amistosos da Seleção Brasileira de outubro, o técnico Tite realizou uma entrevista coletiva para comentar sobre as suas escolhas. Dentre os assuntos comentados pelo comandante, o treinador reclamou do problema com as datas que acabaram gerando críticas de clubes brasileiros na última convocação.

“Nesta sexta-feira (21) à tarde, eu, Rogerio e Edu conversamos. Há uma mobilização da Fifa, Conmebol, da CBF e dos clubes para que haja uma equalização melhor de datas. Eu tenho uma responsabilidade em não prejudicar clube. Responsabilidade com o jogador que fez por merecer uma convocação. Com o técnico que pode assegurar o emprego, ter uma longevidade na carreira. Precisamos equalizar isso para que data-Fifa não aconteça nas mesmas datas de jogos importantes”, afirmou Tite.

 
Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top