Assine o fluminense

Brasil estreia no Mundial Sub-17

Seleção estreia na Copa do Mundo neste sábado (07), às 8h30, diante da Espanha, na Índia, tentando quarto título com grandes talentos

A Seleção Brasileira sub-17 vai em busca do tetra mundial da categoria a partir de hoje, contra a Espanha

Foto: Divulgação / Gregório Fernandes / CBF

A Seleção Brasileira estreia no Mundial Sub-17 neste sábado (07), às 8h30(de Brasília), no Estádio Internacional Jawaharlal Nehru, em Kochi, na Índia, em um choque muito complicado, diante da Espanha. O confronto é válido pelo Grupo D, que tem ainda Coréia do Norte e Níger, que fazem a partida de fundo, no mesmo local, às 11h30(de Brasília). O choque principal desta chave, que coloca frente a frente os dois favoritos da chave, vai reunir o campeão sul-americano da categoria, no caso o Brasil, e o campeão europeu, a Fúria.

Campeã em 1997, 1999 e 2003, o Brasil tem três títulos do torneio, que conta com a Nigéria, que não participa desta edição, como a maior vitoriosa, com cinco troféus. Já os espanhóis nunca deram a volta olímpica, ficando com o vice em 1991, 2003, ano em que foi derrotada pela Seleção Brasileira, e em 2007.

Carlos Amadeu, técnico da Seleção Brasileira, analisou a necessidade de ganhar na estreia.

“Sabemos que toda estreia é muito complicada e nervosa. Além disso, vamos enfrentar um grande adversário, em condições de brigar pelo título, o que torna a nossa situação mais complicada. Mas temos que jogar com tranquilidade, valorizando a posse de bola e encontrando o melhor momento para penetrar na defesa dos espanhóis”, disse Amadeu.

Santi Denia, comandante da Espanha, destacou o aspecto psicológico que este duelo pode ter na sequência da competição.

“Os dois brigam pela vaga, mas a chave é muito complicada, já que Níger, como todo africano, vai dar trabalho, pois tem jogadores fortes e vai brigar com Brasil e Espanha. Portanto, o ganhador deste sábado vai ficar com uma tranquilidade muito grande para a sequência do trabalho. Já quem tropeçar começa a ficar pressionado”, disse Denia.

O Brasil perdeu a sua estrela antes mesmo de o torneio começar, com a negativa do Flamengo de liberar o meia Vinícius Junior. Assim, do time que vai a campo, o meia corintiano Vitinho carrega as maiores esperanças, ao lado do atacante do Vasco Paulinho.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top