Assine o fluminense

Brasil vence de virada a Alemanha e está na semifinal do sub-17

Resultado faz com que o Brasil se classifique para as semifinais do torneio pela oitava vez na história

O Brasil garantiu a vaga para a semifinal do Mundial Sub-17

Foto: Divulgação / Fifa

Num dos jogos mais esperado do Mundial Sub-17, a Seleção Brasileira enfrentou a Alemanha pelas quartas de final e venceu de virada, pelo placar de 2 a 1. O resultado faz com que o Brasil se classifique para as semifinais do torneio pela oitava vez na história e independente do que aconteça, a equipe terá um desempenho melhor do que na última edição em 2015. Agora, os brasileiros jogarão contra a Inglaterra para chegar à tão esperada final, que acontecerá no próximo sábado, dia 28.

O Jogo – Buscando chegar na semifinal do mundial, a Seleção Brasileira começou a partida de forma muito ofensiva e já teve as primeiras chances logo nos primeiros minutos de jogo. Depois de duas tentativas pela esquerda, o camisa 10 Alan, atualmente no Palmeiras, fez ótima jogada individual eo belo chute cruzado acertou a trave do goleiro Plogmann.

Depois do começo avassalador da Seleção Brasileira, a Alemanha teve duas boas chances pelo lado direito, principalmente com o atacante Yeboah, mas que não chegaram a assustar o goleiro Brazão. No entanto, o Brasil errou feio e tomou o primeiro gol da partida.

Aos 19 minutos, o meia Luan Cândido bobeou no meio campo e os alemães tiveram ótimo contra-ataque só foi parado com o pênalti marcado pelo zagueiro Halter em cima do atacante Yeboah. Quem foi para a cobrança foi o capitão Arp, que bateu com muita segurança e abriu o placar.

O que se viu após o gol foi um Brasil totalmente abalado com o inesperado gol dos alemães. As infiltrações aproveitando o espaço por trás dos laterais não surtia mais efeito e quem tinha a maior posse de bola era a seleção da Alemanha. Por duas oportunidades os europeus tiveram chance de ampliar o marcador, mas pecaram na finalização. No fim da primeira etapa o atacante Lincoln ainda teve boa chance mas foi travado na hora da finalização.

Já no segundo tempo, os dois times começaram bem mais cautelosos, esperando um erro do adversário para poderem partir para o ataque. Depois de dez minutos sem grandes chances , a Seleção Brasileira quase chegou ao empate com o meia Alanzinho, mas o chute cruzado foi para fora. Logo em seguida, veio as duas melhores chances do Brasil no jogo. A primeira foi com o atacante Brenner, que saiu na cara do gol mas demorou muito para arematar e foi travado pelos defensores alemães. Já a segunda veio no chute cruzado, novamente com Brenner, e o gol só não saiu graças à boa defesa do goleiro Plogmann.

Depois de muito insistir o Brasil chegou ao empate. Aproveitando falha de marcação pela direita, Weverson, que tinha entrado no intervalo no lugar de Luan Cândido, acertou belo chute na entrada da área e empatou a partida. Depois do gol, a Seleção Brasileira dominou a partida, sem dar nenhuma chance para os alemães, tanto que depois de muito pressionar chegou ao tão esperado gol da vitória.

Com muita tranquilidade, a Seleção Brasileira trocou passes no meio campo e achou Paulinho que acertou um belo chute de fora da área, sem qualquer chances de defesa para o goleiro Plogmann, levando a loucura os torcedores brasileiros que estavam no estádio. O time brasileiro continuou tomando conta da partida e conseguiu segurar o placar para se classificar para as semifinais e continuar a busca pelo tetracampeonato mundial.

Um pouco antes, a Espanha venceu o Irã pelo placar de 3 a 1 e também se garantiu nas semifinais da competição. Com a vitória, os espanhóis jogarão contra Mali para decidir quem serpa um dos finalistas do Mundial Sub-17. Os africanos venceram no último sábado a Gana por 3 a 1 e são os atuais vice-campeões.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top