Assine o fluminense

Cantusca enfrenta o Ceres por uma vaga na semi do Carioca

Duelo pelo jogo de volta acontecerá neste sábado, às 15h, no Alzirão, em Itaboraí. Vitória simples dá vaga ao alvianil

Jogadores do Canto do Rio sabem da importância em vencer para avançar às semifinais da Série C do Carioca

Divulgação

Chegou a hora da verdade para o Canto do Rio. Às 15h deste sábado, o clube niteroiense entrará em campo contra o Ceres em busca da classificação às semifinais da Série C do Carioca. A partida será na casa do alvianil neste campeonato: o Alzirão, em Itaboraí. No jogo de ida, no Estádio João Francisco dos Santos, em Bangu, empate em 0 a 0, em um duelo que teve o domínio do clube niteroiense na maior parte do jogo. Para vencer em casa, o técnico Marquinhos Pereira garantiu que os donos da casa terão que impor o ritmo de jogo.

“Nós sabemos que é um jogo difícil, e por isso nós temos que propor as ações. Eles vão jogar por um gol, o que vai nos obrigar a sair e buscar as melhores jogadas em velocidade, buscando triangulações”, analisou o treinador.

Na partida de ida, para furar o bloqueio do Ceres, o Canto do Rio buscou as jogadas de fora da área, sobretudo com os chutes de Marcinho Pitbull. Por pouco, o gol não saiu. A arma poderá ser utilizada na partida de volta, se depender de Marcinho.

“A gente tem que continuar trabalhando, e o professor Marquinhos sempre pede para a gente arriscar. Vamos continuar assim”, disse Pitbull após o primeiro duelo entre as equipes.

O torcedor que sair de Niterói ou região para o jogo tem motivos de sobra para torcer para o Canto do Rio. Isso porque a diretoria resolveu investir nas promoções. Os ingressos custam R$10 e estão disponíveis na secretaria do clube até as 11h do dia do jogo, ou antes da partida na bilheteria do estádio. Além disso, o clube informou que mulheres, idosos e crianças até 14 anos têm entrada franca. Estudantes pagam meia. O clube ainda lançou uma superpromoção. O torcedor que comprar uma camisa do Cantusca, até o dia do jogo, ganha um ingresso para assistir ao duelo decisivo.

“É essencial que os torcedores possam incentivar e apoiar durante os 90 minutos. Sabemos da importância de atuar sob os nossos domínios e ter a força da nossa torcida, por isso temos que fazer bem o dever de casa”, disse Thiago Trindade, atacante do Canto do Rio.

Um placar favorável ao Canto do Rio coloca o time niteroiense na semifinal do campeonato e consequentemente mais perto do acesso da série B2. Um novo empate leva a decisão para os pênaltis.

Campanha - A trajetória do Canto do Rio tem sido exemplar até aqui. Invicto, já que em oito jogos venceu cinco e empatou outros três, o Cantusca teve o melhor saldo de gols, com 10. Foram 14 tentos anotados contra quatro sofridos. O primeiro duelo da equipe niteroiense começou com um empate em 2 a 2 contra o Campo Grande no Alzirão, às 11h. Apesar do tropeço dentro de casa, os comandados de Marquinhos Pereira venceram o CAAC Brasil por 1 a 0 fora de casa, no Ademar Barbosa.

Já no terceiro confronto, o Canto do Rio venceu por WO a equipe do Arturzinho, que até então não havia sido eliminada na competição por problemas na inscrição da equipe e do estádio: placar de 3 a 0.

Jogando bem melhor que o Cardoso Moreira, no duelo seguinte, o Canto do Rio conseguiu o empate em 0 a 0 fora de casa. Outro empate aconteceria na rodada seguinte, por 1 a 1 contra o Campo Grande.

A vitória voltou a acontecer contra o CAAC Brasil por 1 a 0, no Alzirão, com gol do atacante e reforço para essa temporada Thiago Trindade. Por falar em reforço, o Cantusca também trouxe o volante experiente Marcinho Pitbull e William Amendoim, peças fundamentais na estrutura do clube niteroiense.

Depois de nova derrota por WO sobre o Arturzinho, a última rodada mostrou o resultado por ter trazido os reforços: Na última e marcante partida, considerada a melhor até aqui pela equipe: a vitória na última quinta-feira por 3 a 1 sobre o Cardoso Moreira, com dois gols de Thiago Trindade e um de Marcinho Pitbull - o primeiro dele com a camisa do Canto do Rio.

O Ceres, adversário do mata-mata, teve uma campanha regular. De oito jogos, venceu quatro e empatou três, tendo apenas uma derrota. “Expectativa (para o primeiro jogo) é a melhor possível, porque não perdemos na primeira fase. Fizemos jogos difíceis, mas somos experientes. Todos estão muito bem concentrados, graças aos trabalhos das psicólogas, então estamos preparados”, disse Thiago Trindade, após vitória sobre Cardoso Moreira.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top