Assine o fluminense

Clássico cheio de emoções no Maraca

Maxi López marca no fim e Vasco empata com o Flamengo reserva

Durante a partida, os dois times criaram várias oportunidades de gol e empolgaram as torcidas nas arquibancadas

Foto: Divulgação/Alexandre Vidal/Flamengo

Um gol marcado por Maxi López, de pênalti, aos 50 minutos do segundo tempo, impediu que o Vasco tivesse a invencibilidade quebrada no clássico diante do Flamengo, disputado na noite deste sábado, no Maracanã, pela terceira rodada da Taça Rio. Escalado com uma equipe alternativa, o Flamengo saiu na frente com um gol de Arrascaeta e acabou cedendo o empate quando a sua torcida já comemorava a vitória diante do tradicional adversário. Os jogadores do Flamengo protestaram contra a marcação da penalidade e Bruno Henrique acabou recebendo o cartão vermelho depois do apito final.

Com o resultado de 1 a 1, o Vasco assumiu a segunda colocação do Grupo B com cinco pontos ganhos, enquanto o Flamengo lidera o Grupo C com sete pontos ganhos. O técnico Abel Braga poupou os titulares para o compromisso da Libertadores, mas escalou o trio de R$ 127 milhões – Arrascaeta, Vitinho e Éverton Ribeiro- que foi responsável pelos melhores momentos da equipe durante a partida.

O Vasco mostrou um desempenho irregular, mas, mesmo assim, criou várias chances para sair com um resultado melhor e esbarrou na boa atuação do goleiro César que apareceu muito bem nos momentos de maior pressão do adversário.

O jogo - No primeiro tempo o Flamengo ficava mais tempo com a bola, mas o Vasco mostrava mais objetividade na construção dos lances de ataque. O técnico Abel Braga aproveitou a parada técnica para conversar muito com seus jogadores numa tentativa de organizar a equipe que se mostrava dispersiva e permitia que o Vasco atacasse com muito perigo.

Os dois times voltaram  sem modificações para o segundo tempo e logo aos dois minutos, o Flamengo marcou o primeiro gol. Éverton Ribeiro lançou Vitinho que arrancou pela esquerda e tocou para a entrada de Arrascaeta. O uruguaio bateu com categoria e colocou nas redes de Fernando Miguel.

Empurrado pela torcida, o Vasco partiu para o ataque. O Flamengo respondeu e logo depois o técnico Alberto Valentim trocou o meia Yago Pikachu pelo atacante Rossi. 

O Vasco pressionava em busca do gol de empate. Alberto Valentim decidiu apostar todas as suas fichas e colocou o atacante Ribamar no lugar do volante Raul, mantendo apenas Lucas Mineiro na proteção dos zagueiros.  O clássico continuou movimentado com as duas equipes procurando o gol. 

Aos 50 minutos, Ribamar foi derrubado por Thuler dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Os jogadores do Flamengo reclamaram muito, mas o árbitro confirmou a marcação e Maxi López bateu, com categoria, para deixar tudo igual no clássico. Depois do apito final, os rubro-negros seguiram reclamando e Bruno Henrique recebeu cartão vermelho.

Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar a Cabofriense, no estádio Kléber Andrade, em Cariacica; o Flamengo vai receber o Volta Redonda, no Maracanã. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top