Assine o fluminense

Clássico inglês nas quartas da Champions

Manchester City e Liverpool se enfrentam no Estádio Etihad

O time do City precisa golear o Liverpool para reverter a vantagem do rival

Foto: Divulgação

Dois jogos abrem nesta terça-feira (9), ambos às 15h45(de Brasília), a rodada de volta das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. O clássico inglês entre Manchester City e Liverpool, programado para o Estádio Etihad, em Manchester, vai apontar um dos semifinalistas e promete fortes emoções. Na partida de ida o Liverpool ganhou por 3 a 0 e agora pode perder por dois gols de diferença que vai se classificar.

A vantagem do Liverpool é muito grande, pois caso marque um gol poderá inclusive perder por três gols de diferença, já que os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate. Ao Manchester City resta devolver o 3 a 0 para forçar a disputa de pênaltis ou golear por quatro ou mais gols de vantagem para avançar.

“A nossa vantagem realmente é muito grande, mas só foi construída porque nos entregmamos muito dentro de campo. Apenas com essa entrega mais uma vez que vamos conseguir confirmar a classificação, já que o Manchester City tem um elenco muito qualificado e jogadores capazes de fazer a diferença. Também temos nossos talentos, mas a nossa força está mesmo no grupo”, disse Jürgen Klopp, treinador do Liverpool.

O espanhol Josep Guardiola, comandante do Manchester City, tem se preocupado em trabalhar mais o aspecto psicológico do elenco. Isso porque, além de o Liverpool ter mais tradição no torneio, foi um dos dois times a conseguir bater na Premier League os Azúis. Por falar no Campeonato Inglês, a outra derrota foi em casa, no sábado, para o arquirrival Manchester United, em duelo onde o City jogou fora a primeira oportunidade de ser campeão por antecipação. 

Assim, o Manchester City chega de cabeça baixa.

“Sabemos que os últimos resultados não foram aqueles que a gente esperava, mas tropeços acontecem. O importante é que, mesmo com todas as dificuldades que se avizinham, nós continuamos dependendo das nossas próprias forças”, disse Guardiola.

Para este jogo o Manchester City continua aposta, além da genialidade de Guardiola, no talento de Gabriel Jesus. Já o Liverpool tem como principal arma a grande fase do meia egípcio Mohamed Salahe do atacante brasileiro Roberto Firmino. 

O Liverpool não vence a Champions há 13 anos, quando superou o Milan na final após estar perdendo por 3 a 0.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top