Assine o fluminense

Dia de estreia brasileira no Bobsled

A seleção brasileira da modalidade irá iniciar sua trajetória nos Jogos Olímpicos de Inverno, neste domingo, às 8h05

Após realizar o melhor ciclo olímpico de sua história, a equipe de bobsled do Brasil inicia a caminhada nos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang disposta a ratificar sua evolução no cenário internacional. Neste domingo, dia 18, o país estreia com a disputa do 2-man. A prova está marcada para as 8h05 no horário de Brasília (20h05 no horário local). 

O piloto Edson Bindilatti e o breakman Edson Martins formam a dupla do Brasil em PyeongChang. Esta é a primeira vez que o país conquista a vaga olímpica no 2-man. Atualmente, os brasileiros ocupam a 35ª posição no ranking internacional da IBSF (Federação Internacional de Bobsled e Skeleton) na categoria dupla masculina.

Para facilitar a adaptação à pista de PyeongChang, inaugurada em 2017, a equipe brasileira de bobsled foi uma das primeiras a chegar à Vila Olímpica e aproveitou os períodos de treinamentos para realizar os últimos ajustes no trenó. 

“Já conseguimos matar a vontade de descer pilotando nessa pista, mas a gente sabe que agora é para valer. Eu quero logo começar, até para saber como o nosso trenó vai responder na competição”, afirmou Edson Bindilatti. 

Neste primeiro dia de disputa, cada equipe faz duas descidas na pista do Olympic Sliding Centre, em PyeongChang. Na segunda-feira, dia 19, as duplas participam da terceira corrida. Apenas os 20 melhores na somatória dos tempos participam da quarta e última descida, que definirá o pódio. 

A equipe brasileira de bobsled também participará do 4-man, com o time formado por Odirlei Pessoni e Rafael Souza ao lado de Edson Bindilatti e Edson Martins. As provas do quarteto acontecem nos dois últimos dias dos Jogos Olímpicos de PyeongChang.  

CBDG – A Confederação Brasileira de Desportos no Gelo foi fundada no ano de 1996 e é a representante oficial do Brasil nas seguintes modalidades: bobsled, luge, skeleton, hóquei no gelo, patinação artística, patinação velocidade e curling. É filiada ao Comitê Olímpico do Brasil (COB) e ao Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). No âmbito internacional, é ligada à International Bobsleigh & Skeleton Federation (IBSF), à International Skating Union (IUS), à World Curling Federation (WCF), à Féderation Internationale de Luge (FIL) e à International Ice Hockey Federation (IIHF). 

Bobsled – O  bobsled é um esporte de inverno no qual equipes de duas ou quatro pessoas realizam, por meio de um trenó, descidas cronometradas em uma pista de gelo construída para a competição. O trenó é movido pela força da gravidade, e pode atingir até 150 km/h.

Desde 1924, a modalidade faz parte dos Jogos Olímpicos de Inverno, como uma competição para equipes masculinas de quatro pessoas. Em 1932, foi adicionada uma segunda modalidade, para equipes compostas de dois homens.

Em 2002, foi pela primeira vez admitida a participação de mulheres entre os membros das equipes.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top