Assine o fluminense

Ezequiel fala sobre fase nos profissionais

Jovem atacante também pontuou as diferenças da base

O atacante Ezequiel falou sobre o ganho de massa corporal que conquistou nos profissionais.

“O pessoal da fisiologia, nutricionista, pega no pé em relação a suplemento, descanso... Já ganhei uns 4 kg de massa desde a pré-temporada. Não tem meta de peso, quanto mais forte ficar menos velocidade vou ter. É mais para aguentar as pancadas e divididas. Tento tirar a diferença física na velocidade e evitando sair no corpo. Tive treinadores que me aconselharam a não jogar de costas, buscar sempre o jogo de frente, assim a diferença cai um pouco (risos)”, declarou.

Ele comentou ainda sobre sua estreia em coletivas. 

“Desde a base sei que vou passar por isso muitas vezes, em clube grande é assim. Quando era jovem prometi para minha família que iria mandar um beijo para eles. Então, posso olhar para a câmera? Quero mandar um beijo para minha mãe, meu pai, minha avó e todos... Valeu! Foi a primeira, hein”, declarou.

O jovem atacante falou  também sobre as diferenças da base para o profissional.

“Jogadores são mais velhos, experientes e têm leitura melhor. Mas acho que já estou adaptado. É ter paciência, quem está aqui é mais experiente, tem mais bagagem”, declarou, elogiando Alberto Valentim.

É um pouco mais sério, mas entendendo os momentos. Entrou em campo é hora de trabalhar, mas comunicativo, te dá liberdade, no pouco contato comigo me passou segurança”, contou.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top