NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Ferrari tenta se encontrar na França

Equipe da Ferrari garante que está pronta para garantir a vitória neste fim de semana. Para isso, a estratégia será mudada

Reprodução de Facebook

A Ferrari esteve finalmente muito próxima de vencer sua primeira corrida na temporada 2019 da Fórmula 1, há duas semanas no GP do Canadá. Um erro de Sebastian Vettel causou uma punição e a vitória escapou.

Vettel liderava a prova na volta 48 e era perseguido por Lewis Hamilton. Após errar uma curva e seguir reto, o alemão da Ferrari fechou o britânico da Mercedes contra o muro, seguiu na frente e cruzou a linha de chegada em primeiro. Mas depois de uma investigação da direção de prova, ele foi punido em cinco segundos e reclassificado para a segunda posição. A Ferrari recorreu da decisão, mas o recurso foi rejeitado.

Na sequência de seu melhor desempenho na temporada, a escuderia italiana tenta se reerguer no Grande Prêmio da França, no circuito de Paul Ricard, neste final de semana. A tarefa, porém não será fácil, já que a pista de Le Castellet não é favorável aos carros vermelhos.

“Paul Ricard foi um circuito complicado para nós no ano passado, e nós sabemos que este tipo de pista não é particularmente favorável para o nosso pacote. Mas nada é impossível, então estaremos prontos para fazer o nosso melhor,” afirmou o chefe da Ferrari, Mattia Binotto.

Segundo o dirigente, o GP francês marcará uma mudança na estratégia de desenvolvimento do SF90. A eficiência aerodinâmica do carro se tornou um problema com os pneus utilizados em 2019, e os carros encontram dificuldades para manter os pneus na faixa ideal de temperatura.

A equipe então resolveu introduzir novos ‘upgrades’ para tentar corrigir o rumo do desenvolvimento. Na França, a primeira série de componentes será avaliada.

“Na França, nós teremos algumas pequenas evoluções, elementos que representam para nós um passo útil para definir a direção que tomaremos no desenvolvimento do carro,” disse Binotto.

“O que vamos trazer não será a solução dos nossos problemas, mas as respostas que vamos obter dessas evoluções serão importantes para os nossos próximos passos,” completou. 

Scroll To Top