Assine o fluminense

Flamengo quer se aproveitar do estilo de jogo do Tricolor

Precisando vencer para se classificar, Rubro-Negro promete ser ofensivo

Bruno Henrique elogiou forma de jogar do Fluminense e mirou a posse de bola

Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo deu sequência nesta sexta-feira (22) à sua preparação para o clássico contra o Fluminense previsto para este domingo, às 16h, no Maracanã, pelas semifinais da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O Rubro-Negro precisa de um triunfo para se classificar para as semifinais deste turno, embora já esteja assegurado nas semifinais do Estadual.
Diante deste cenário, o Flamengo deverá adotar uma postura ofensiva no clássico. Uma maneira rápida para encontrar o gol pode ser explorar o estilo de jogo do Tricolor, implementado pelo técnico Fernando Diniz.

Avesso aos chutões, até mesmo quando seu time está jogando no próprio campo, o treinador orienta zagueiros e até mesmo o goleiro a saírem com a bola dominada, sem se livrar dela, mesmo quando a marcação apertar. Uma maneira muito bonita de se ver, mas, na visão de alguns treinadores, muito perigosa, por estar sujeita ao erro em um pedaço do gramado delicado para o sistema defensivo.

Os jogadores do Flamengo prometem ficar atentos e aproveitarem qualquer oportunidade que surja por conta disso.

“A posse de bola é um estilo do time deles, que o treinador colocou e fez o Fluminense mudar a maneira de jogar. Está de parabéns. Eles jogam até mesmo com o goleiro. Temos que seguir trabalhando do nosso jeito e se a oportunidade aparecer temos que tentar matar o jogo”, disse o atacante Bruno Henrique.

Patrocínio – Fora de campo a diretoria, como era previsto, anunciou ontem o banco digital BS2 como seu novo patrocinador master. Os dirigentes esperar arrecadar cerca de R$ 30 milhões até 2020, quando se encerra o vínculo. O contrato só entrará em vigor após análise e aprovação do Conselho Deliberativo.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top