Assine o fluminense

Gabriel chega para ser o novo xerife de General Severiano

Zagueiro, que foi envolvido em uma troca com Igor Rabello, tem boa velocidade

O Botafogo apresentou ontem o zagueiro Gabriel, que chegou a General Severiano em uma troca com Igor Rabello, que foi para o Galo. O jogador foi apresentado ontem e ressaltou a importãncia em substituir Rabello, sobretudo porque tinha força nas jogadas aéreas. Para Gabriel, não ser tão alto não é um problema.

“Não ser tão alto exige um pouco mais de mim em campo, claro, mas isso não me preocupa. Posso citar grandes zagueiros que não tinham mais de 1,80m: Puyol, Cannavaro... Isso vamos aperfeiçoando nos treinamentos para vestir essa camisa tão importante”, disse o jogador de 23 anos.

Gabriel chega ao Botafogo respaldado pelo bom futebol apresentado no Atlético-MG, principalmente na temporada 2017. Velocidade, bom posicionamento e agilidade na saída de bola são algumas das características que impressionaram a diretoria alvinegra. O jogador afirmou que tentará usar essa arma para ajudar nos contra-ataques do Glorioso.
Sobre o primeiro contato com o elenco alvinegro e o técnico Zé Ricardo, Gabriel gostou do que viu.

“Primeiros dias foram maravilhosos. Encontrei um grupo com coração aberto para me receber. Comissão técnica, diretoria. Muito feliz de representar uma instituição tão grande como o Botafogo, sua torcida. Estou muito feliz de estar aqui hoje. Todos me receberam muito bem. Estou aqui para fazer meu melhor e pensar em títulos, é isso que o Botafogo merece”, exaltou. 

Gabriel também falou dos elogios que recebeu do técnico Tite, da seleção brasileira, que o comparou com o também zagueiro Marquinhos, do PSG.

“Recebi a comparação (com o Marquinhos) em 2017 e recebi de forma muito feliz. Hoje sou mais experiente, mais rodado, cabeça muito boa para ajudar o Botafogo a conquistar títulos”, finalizou o novo xerife de General Severiano. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top