Assine o fluminense

Gomes de Mattos se licencia para apoiar Landim

Eleições para o Flamengo, no próximo dia 8, têm mais de oito mil sócios aptos a votar

Walter D’Agostino, Maurício Gomes de Mattos, Rodolfo Landim e Wilson Rodrigues

Foto: Divulgação

Faltando 19 dias para a eleição, marcada para o dia 8 de dezembro, que decidirá quem será o próximo presidente do Clube de Regatas do Flamengo para o triênio 2019/2021, a Chapa Roxa, a UniFla, do candidato Rodolfo Landim, ganhou um reforço de peso nesta terça-feira (20). Maurício Gomes de Mattos se licenciou na noite da última segunda-feira do cargo de vice-presidente-geral do Flamengo e “entrou em campo” no dia seguinte, para assumir uma das coordenadorias da campanha de Landim. 

Maurício, que foi comunicado na semana passada sobre o seu desligamento do Projeto Embaixadas / Consulados, iria entrar com o pedido de licenciamento para declarar seu apoio a Landim, mas aguardou até está segunda-feira, por conta da Festa das Embaixadas, realizada no último sábado, na Gávea, uma vez que o presidente não estaria presente no evento. 

Sobre a sua decisão neste pleito, Maurício Gomes de Mattos afirma que tanto Lomba quanto Landim são qualificados para o cargo, mas acredita que o segundo tem mais condições de comandar o clube. 

“Primeiro porque tem a sensibilidade de unir todos os grupos políticos do clube e sabemos que o Flamengo unido torna-se imbatível. Segundo, porque ele tem uma larga experiência em vida profissional de sucesso e o Flamengo precisa dar um salto ainda maior, e eu entendo que ele está preparado, assim como as pessoas que estão ao lado dele. Não que o candidato Lomba não esteja em condições, pois ele também é preparado, mas eu entendo que o grupo de cá tem mais condição de levar o Flamengo em um upgrade de gestão”, comentou Mattos. 

Com trabalhos a todo vapor já no seu primeiro dia, Maurício espera ajudar a conquistar muitos votos, principalmente os sócios de fora do Estado do Rio. “Há cerca de 500 votos fora do estado e a minha expectativa é angariar um número considerável de votos para o Landim, dos sócios que votam à distância”, comentou Maurício Gomes de Mattos, que também destacou que vários grupos já entraram em contato para declarar apoio. 

A lista de sócios aptos a votar é de cerca de 8.044.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top