Assine o fluminense

Grêmio encerra série de derrotas e aumenta crise do Flu

Time fez 1 a 0 no Fluminense pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro

Grêmio teve mais volume, mas não fez o gol

Foto: Divulgação/Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O Grêmio voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Neste domingo (1°), em casa, o time fez 1 a 0 no Fluminense, pela 26ª rodada da competição. O gol, já nos minutos finais da partida, foi de Beto da Silva.

Com a vitória, os comandados de Renato Gaúcho encerraram série de três derrotas e foram a 46 pontos, mantendo o sonho de chegar ao líder Corinthians. O Tricolor das Laranjeiras, com 31, vê a zona de rebaixamento cada vez mais próxima.

Na próxima rodada, a ser disputada apenas após a data Fifa, o Tricolor joga novamente em casa, diante do Cruzeiro, no dia 11. Um dia depois, o Fluminense disputa clássico contra o Flamengo.

O jogo – Jogando em casa, o Grêmio tomou as primeiras iniciativas para assustar os rivais. Aos 7, Jael teve chance de dentro da área, mas isolou a finalização. Sete minutos depois, Everton teve duas finalizações seguidas, ambas paradas por Diego Cavalieri.

Mantendo a pressão, o time de Renato quase fez aos 17, mas o arqueiro carioca brilhou novamente. Depois disso, o Flu conseguiu segurar um pouco mais, respirando na defesa e tentando tocar a bola no meio-campo.
Ainda assim, o Grêmio seguiu tendo as melhores chances. Aos 34, Patrick teve gol anulado após marcação de impedimento. Mesmo com as oportunidades, os gaúchos não conseguiram balançar as redes até o intervalo, e o placar se manteve 0 a 0, com Cavalieri salvando em cabeçada de Patrick aos 43.

O começo do segundo tempo foi do Grêmio com a posse. Mas o Fluminense conseguiu assustar. Aos 6, Henrique Dourado ganhou de Geromel e finalizou rasteiro, para boa defesa de Marcelo Grohe.

Mesmo correndo risco no contra-ataque, os gaúchos não deixaram de agredir em busca do gol. Os cariocas, melhores do que na etapa inicial, chegavam em velocidade. Aos 18, Wendel teve espaço, mas bateu fraco.

Com o jogo se encaminhando para a parte final, o Grêmio passou a sentir mais dificuldades para abrir espaço e criar oportunidades. A torcida também perdeu a paciência, vaiando Jael quando o centroavante foi substituído.

Quando o empate parecia encaminhado, chegou o gol dos mandantes. Aos 40, Everton cruzou e Beto da Silva, que havia entrado há pouco, tocou para as redes, definindo a vitória da equipe de Renato Gaúcho.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top