Assine o fluminense

Jacarés ‘à solta’ em Itacoatiara

Templo do Surf vai receber, a partir das 7h deste sábado, campeonato de Bodysurf

Usando apenas pés de pato, o famoso bodysurfer utiliza apenas o corpo para deslizar pelas ondas. O brasileiro Kalani Lattanzi é um dos principais ícones da modalidade

Foto: Evelen Gouvêa

Toda criança, adolescentes e adultos, quando vão à praia e entram na água, não pensam duas vezes em aproveitar a menor marola que seja para pegar o famoso jacaré, que nada mais é quando você pega uma onda utilizando apenas o peito e deixa o seu corpo ser levado até a areia da praia. Mas a brincadeira também é levada a sério e virou uma modalidade de competição: o Bodysurf. Será disputado neste sábado (21), a partir das 7h, em Itacoatiara – o Templo do Surf de Niterói. Serão 70 inscritos, divididos em cinco modalidades, inclusive o campeão receberá premiação em dinheiro. 

O ícone do Bodysurf e um dos maiores nomes do esporte é niteroiense e está realizando o campeonato. Trata-se de Kalani Lattanzi, de 23 anos, local de Itacoa. Ele foi responsável por surfar – de peito aberto – uma das maiores ondas do mundo em Nazaré, Portugal, em 2015. O atleta se recorda que esteve quatro horas na água, à espera da ‘onda perfeita’. Em Itacoa, as ondas não estarão tão grandes assim, mas nada que impeça um espetáculo aos bodysurfers.  

“Acredito que as ondas terão aí entre um metro, um metro e meio. O campeonato já acontece há quatro anos, mas será o primeiro que estou realizando de Bodysurf e tenho certeza que vai ser muito legal. Estamos esperando atleta de diversos lugares, além dos locais, que sempre fazem bonito”, disse o surfista.   

As categorias serão: Pro Open, Open Feminino, Local, Master (acima de 35 anos) e Júnior (até 18 anos). Além de pés de pato, os vencedores ganharão outros brindes, além de dinheiro. Segundo Lattanzi, serão R$ 4 mil para ser divididos entre os campeões de quatro categorias (menos Júnior). O organizador – que também será um dos jurados – deu a dica do que os participantes poderão fazer para conquistarem o título. 

“Vai ganhar aquele que fizer o maior percurso na onda, manobras, além de apresentar fluidez e estilo. Um grande diferencial para o bodysurf é ter disposição em dia e muita força para entrar na onda”, indicou. 

O bodysurfer Aporé de Paula vai participar na categoria Local. Para ele, a modalidade é o que pode se chamar ‘contato direto com a natureza’, já que o competidor não se utiliza de pranchas, mas sim o corpo para competir: “É o cara e o mar. É a oportunidade em estar em contato com a natureza e suas maravilhas. Vamos em busca do título”, prometeu. 

E para se ter uma ideia da proporção do campeonato, o Peru vai ganhar um importante reforço na competição. Trata-se do peruano Ram Salinas, que disputará na categoria Open. O sul-americano está passando uns dias no Brasil e treinando em Itacoatiara. Ele foi convidado por Kalani para competir. 

“Estou treinando bem forte e mantendo a força nos treinamentos. Estou adorando esses dias em Itacoatiara, que tem um mar bem forte e ondas bem firmes. Vai ser um prazer disputar o campeonato e quem sabe eu não venço”, prometeu o bodysurfer. 

O evento conta com o apoio da secretaria municipal de Esportes e Lazer. Para o secretário Gallo, o evento vai ao encontro da vocação niteroiense para o surf. 

“Niterói é, historicamente, berço de grandes atletas do esporte. Em Itacoatiara temos condições ideais para a prática do Bodysurf, e é sempre uma honra para a cidade receber e poder apoiar grandes campeonatos como o deste fim de semana”, disse o secretário. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

WILLIAM ALVES SANTANNA
Quais são os requisitos e como se inscrever nos próximos ?
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

WILLIAM ALVES SANTANNA
Alguém sabe quem organiza o evento? Quais são os requisitos e como se inscrever nos próximos ?
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Veja também

Scroll To Top