Assine o fluminense

Joia quer decidir para o Vasco no Brasileirão

Amadurecido, Paulinho espera contribuir com gols na reta final

O atacante Paulinho é uma das armas do Vasco para vencer as últimas duas partidas válidas pelo Campeonato Brasileiro

Foto: Paulo Fernandes / Vasco

A temporada está chegando ao fim, muita coisa já rolou no Campeonato Brasileiro, porém um jogador do Vasco da Gama viveu uma nova experiência na manhã de ontem. No Estádio de São Januário, local que transformou em casa no ano de 2010, o atacante Paulinho, de apenas 17 anos, concedeu a primeira entrevista coletiva como atleta profissional do Gigante da Colina. 

Mesmo com a pouca idade, o prata da casa se mostrou tranquilo e esbanjou personalidade, característica que o fez pular etapas e se tornar peça importante do grupo principal. Ao fazer um balanço de 2017, Paulinho não economizou palavras e o classificou como o mais importante de sua carreira. O jovem, entretanto, garantiu que não irá relaxar, pois ainda tem inúmeros objetivos para atingir com a camisa vascaína.

“É um dos melhores anos da minha carreira. Comecei a temporada atuando no sub-17, fui para a Seleção Brasileira disputar o Sul-Americano e retornei já para jogar no sub-20. Logo em seguida, graças a Deus, acabei sendo promovido ao profissional. Hoje eu sou um jogador mais maduro. Fico feliz com o momento que estou vivendo. A minha meta é continuar evoluindo para chegar nos próximos anos e conquistar ainda mais espaço”, declarou o atacante.

Um dos desejos de Paulinho a curto prazo é disputar a Taça Libertadores da América de 2018. Atualmente na nona colocação, o Vasco da Gama enfrenta Cruzeiro e Ponte Preta nas duas últimas rodadas do Brasileirão precisando vencer os dois jogos para manter vivo o sonho de classificação para o torneio continental. Empenho e dedicação não irão faltar ao Cruzmaltino na reta final da temporada, garantiu Paulinho.

“Independente do que o Vasco passou nos últimos anos, o nosso objetivo sempre foi o máximo, chegar na Libertadores, almejar títulos. No começo da competição fizemos uma boa campanha dentro de casa, conseguimos resultados importantes, mas estávamos deixando a desejar fora de casa. Agora no segundo turno, com um novo treinador, com uma outra filosofia de jogo, entramos na briga pela Libertadores. Vamos entrar nesses dois jogos com faca nos dentes para conseguir os resultados positivos”, afirmou Paulinho, que vem aprimorando a pontaria para fazer bonito quando as oportunidades aparecerem. 

No jogo contra o Atlético Mineiro tivemos a oportunidade sair com três pontos e estar mais tranquilos na tabela. Tudo é questão de treino (sobre a melhora no fundamento finalização). O professor Zé Ricardo vem apoiando e pedindo para eu continuar fazendo o que faço. Sigo me dedicando nos treinos, pois que uma hora as coisas vão acontecer. Penso que nos últimos jogos os gols vão sair. Precisamos pensar no nosso time, no nosso trabalho, no nosso papel. É preciso ter uma boa performance para ganhar os jogos”, concluiu o prata da casa.

Copinha – A Federação Paulista de Futebol (FPF) divulgou na tarde desta quarta-feira (22), os participantes e o chaveamento da próxima edição da Copa São Paulo. Campeão na temporada de 1992, o Vasco da Gama está no “Grupo 26” e terá Água Santa (SP), Juventus (SP) e Espírito Santos (ES) como adversários. Os jogos do time cruzmaltino na primeira fase serão disputados no município de Diadema.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top